A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
(1882-1972)
Santos Dumont
Cerrado
Sucuri
...

Tronco CM - 1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1999
...

 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1892-1971)
CERRADO
Município de São Simão, SP
Linha-tronco original - km 238,125   SP-1135
Altitude: 742,079 m   Inauguração: 31.12.1892
Uso atual: moradia (2015)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Mogiana teve o primeiro trecho inaugurado em 1875, tendo chegado até o seu ponto final em 1886, na altura da estação de Entroncamento, que somente foi aberta ali em 1900. Inúmeras retificações foram feitas desde então, tornando o leito da linha atual diferente do original em praticamente toda a sua extensão. Em 1926, 1929, 1951, 1960, 1964, 1971, 1973 e 1979 foram feitas as modificações mais significativas, que tiraram velhas estações da linha e colocaram novas versões nos trechos retificados. A partir de 1971 a linha passou a ser parte da Fepasa. No final de 1997, os trens de passageiros deixaram de circular pela linha.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Cerrado foi aberta em 1892 pela Mogiana. Em 1964, a estação foi fechada e transformada em parada (*RM-1964). Interessante notar que o "Horário oficial dos trens de passageiros e mistos a partir de 3-1-1967" da Mogiana informa que "os trens P1 param na ex-estação de Cerrado". Em 1971, a linha velha foi retirada e substituída pela variante

Tambaú-Bento Quirino, e Cerrado ficou fora dela, embora bem próxima. "Com a construção da linha nova da Mogiana, cruzou-se o antigo leito do ramal de Cravinhos, de bitola de 60 cm, mas a estação que fica do lado da linha atual, e pode se ver, é Cerrado. Há outras estações perto da linha nova, mas eu não consegui


À ESQUERDA: O famoso bandido Dioguinho faz o trem parar em Cerrado em 1897 (O Estado de S. Paulo, 8/5/1897).

ACIMA: Casa da antiga vila ferroviária de Cerrado, em fevereiro de 2009 (Autor não identificado).
identificar. Naquela região (Santos Dumont, etc) dá para ver o leito da linha velha ao lado, inclusive com o empedramento" (Rodrigo Cabredo, 1998)
. A estação e a antiga vila ferroviária, hoje cercadas, ficam a uns sete quilômetros da rodovia São Simão-Tambaú, mas realmente está hoje a uns duzentos metros da linha atual, e é chamada pelo pessoal da região de Estação Cerrado. Segundo o Edital da FEPASA de 21/9/1978, a estação e seu pátio foram postos à venda em três lotes nessa data
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local, 1999; Rodrigo Cabredo, 1998; Cia. Mogiana: Relatórios oficiais, 1875-1969; Album da Mogiana, c. 1910 - acervo Museu da Cia. Paulista, Jundiaí; Cia. Mogiana: Listagem oficial de estações, 1938; Companhia Mogiana: Horário oficial dos trens de passageiros e mistos a partir de 3-1-1967; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

Por volta de 1910, a estação de Cerrado. Foto do Álbum da Mogiana

Em 28/12/1999, a estação pode ser vista ao fundo, entre as árvores. Foto Ralph M. Giesbrecht

Em 28/12/1999, a estação pode ser vista ao fundo, entre as árvores. Foto Ralph M. Giesbrecht

Detalhe da estação de Cerrado, em 02/2009. Autor não identificado

Detalhe da estação de Cerrado, em 02/2009. Autor não identificado

Detalhe da estação de Cerrado, em 02/2009. Autor não identificado
     
Atualização: 07.09.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.