A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Índice de estações
...
Jairabas
Carirê
Amanaiara
...

Linha Norte - 1950
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. de Sobral (1893-1909)
Rede de Viação Cearense (1909-1975)
RFFSA (1975-1997)
CARIRÊ
Município de Carirê, CE
Linha Norte - km 267,354 (1960)   CE-3478
Altitude: 157 m   Inauguração: 01.11.1893
Uso atual: abandonada e em ruínas   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A origem da linha Norte foi o trecho da E. F. de Sobral que ligava Sobral a Ipu (havia o trecho inicial, de Camocim a Sobral, que virou ramal). Em 1909, toda a E. F. de Sobral (Camocim-Ipu) foi juntado com a E. F. de Baturité para se criar a Rede de Viação Cearense, imediatamente arrendada à South American Railway. Em 1915, a RVC passa à administração federal. A linha da antiga E. F. de Sobral chega a seu ponto máximo em Oiticica, na divisa com o Piauí, em 1932, dezoito anos antes de Sobral ser unida a Fortaleza pela E. F. de Itapipoca (1950). Esses dois trechos passam então a constituir a linha Norte. Em 1957 passa a ser uma das subsidiárias formadoras da RFFSA e em 1975 é absorvida operacionalmente por esta. Em 1996 é arrendada juntamente com a malha ferroviária do Nordeste à Cia. Ferroviária do Nordeste (RFN). Trens de passageiros percorreram a linha Norte até o dia 12 de dezembro de 1988, sobrando depois disso apenas cargueiros e trens metropolitanos no trecho Fortaleza-Boqueirão.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Cariré foi inaugurada em 1893. Teve como seu primeiro agente de estação Antonio Luiz de Aguiar. Porém, Temístocles Navarro Leitão, de Camocim, foi seu primeiro agente fixo. Com a união desta com a linha vinda de Fortaleza em 1950, passou a ser parte da linha Fortaleza-Crateús. Seu último agente foi Oséas Ferreira Lima, em meados de dezembro de 1988, quando se assistiu à passagem do último trem de passageiros ligando Fortaleza a Crateús. Hoje a Linha Norte é operacionalizada pela Transnordestina, ex-CFN. Depois de anos totalmente abandonada, ela e a casa do agente foram restauradas e, em 2015, a ex-estação estava já recuperada.
ACIMA: A estação nos anos 1920 (Acervo "Vigor Ferroviario"). ABAIXO: Estação do Cariré em 1984. O trem de passageiros ainda passava por aí. Se a estação estava aberta ou se era já apenas uma parada simples, não sei (Foto IBGE).

TRENS - Os trens de passageiros pararam nesta estação de 1893 a 1988. Na foto, trem Fortaleza-Crateús em Amanaiara (1956). Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1954 (Guias Levi).
(Fontes: Ney Robinson Rios Frota; Paulo Regis; Daniel Gentili; Vicente Rodrigues; Ortencia Ribeiro; Acervo "Vigor Ferroviario"; IBGE; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, provavelmente anos 1950. Autor desconhecido

A estação de Cariré em 2007. Foto Ortencia Ribeiro

A casa do agente de Cariré em 2007. Foto Ortencia Ribeiro

A estação de Cariré em 2007. Foto Ortencia Ribeiro

A estação em 27/8/2009. Foto Vicente Rodrigues

Estação de Cariré em 2011. Foto Paulo Regis

A estação finalmente restaurada em 2015. Foto Ney Robinson Rios Frota
 

 

     
Atualização: 23.07.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.