A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Hargreaves
Dom Bosco
Rodrigo Silva
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Central do Brasil (1896-1975)
RFFSA (1975-1996)
DOM BOSCO (antiga HARGREAVES)
Município de Ouro Preto, MG
Ramal de Ponte Nova - km 514,890 (1928)   MG-1338
Altitude: 1.338 m   Inauguração: 01.10.1896
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolida)
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Ponte Nova foi construído em 1887 e 1888 para, da estação de Burnier, se atingir Ouro Preto, então capital da Província, de forma que ela se ligasse com o Rio de Janeiro por via férrea. Somente mais tarde, entre 1914 e 1926, é que foi construído o trecho que chegaria até Ponte Nova. Por uma resolução da RFFSA, RI-51 de 2/6/1964, o ramal passou a ser operado pela Leopoldina. Por uma resolução da RFFSA, RI-51 de 2/6/1964, o ramal passou a ser operado pela Leopoldina. Até 1980 ainda havia trens mistos percorrendo o ramal. Atualmente o ramal da Ponte Nova está desativado, tanto para passageiros como para cargas. Seus trilhos foram praticamente todos arrancados.
 
A ESTAÇÃO: A estação original de Henrique Hargreaves foi aberta em 1896.

Em 1934, teve o nome alterado para Dom Bosco. O nome da estação (então simplificado para Hargreaves) foi transferido para a estação imediatamente anterior, que se chamava Metalúrgica. "O nome da estação era Hargreaves, mas foi modificado por ordem da circular T-92, de 31 de março de 1934. O motivo é que este santo é venerado em Cachoeira do Campo, existindo ali um antigo colégio dos salesianos, de quem é patrono e que hoje foi transformado em Centro Dom Bosco, que abriga turistas em busca de paz e conforto nas paragens mineiras. Por sua vez, a antiga Metalúrgica recebeu o nome de Hargreaves" (Pedro Paulo Resende, 11/2004).

Na estação agora chamada de Dom Bosco, havia um triângulo e uma curva se iniciava logo ao final da sua plataforma.

A confusão histórica que estas trocas de nomes causam dificulta o estudo cronológico das estações do ramal. Foi um verdadeiro crime terem demolido uma construção como a desta estação. "Dom Bosco desapareceu. Estive lá no início deste ano (2004) e fotografei a plataforma abandonada em meio ao mato. O lugar é um paraíso nas montanhas, numa região rica em ferro. A linha foi roubada recentemente, restando apenas o lastro. A plataforma estava em vias de ser roubada também. Vi moradores roçando o mato a pretexto de retirarem as pedras de cantaria. Conversei com eles sobre a necessidade de se preservar aquele marco tão importante da história local. Alguns se mostraram sensíveis à proposta, outros não" (Pedro Paulo Rezende, 06/2004).

É realmente contrastante ver a foto (acima) de 1934 e as fotos e relatos de Pedro Paulo (abaixo) em 2004: uma estação muito bonita, cheia de gente ao seu redor por causa de uma simples troca de nome, o que mostrava a importância dela para a comunidade salesiana da região, sendo abandonada e demolida não tanto tempo depois por falta de interesse da população e do governo.

1924
AO LADO:
Construção de estrada para a estação de Dom Bosco, na época, Hargreaves (O Estado de S. Paulo, 5/5/1924).

ACIMA e ABAIXO: Duas fotografias da estação, então ainda chamada de Hargreaves, em 1915 (Revista Comercial, Belo Horizonte, outubro de 1915).


ACIMA: A fotografia é de 1934, no dia em que a estação recebeu o nome novo de Dom Bosco. Festa dos salesianos: estavam presentes o arcebispo diocesano D. Helvecio, o prefeito de Ouro Preto, José Velloso e diretores e alunos do Colégio Salesiano (Revista da Semana, 1934, acervo Daniel Gentili).

(Fontes: Pedro Paulo Rezende; Marcelo Lordeiro; Carlos Cornejo; Daniel Gentili; O Estado de S. Paulo, 1924; Revista Comercial, 1915; Revista da Semana, 1934; Max Vasconcellos: Vias Brasileiras de Communicação, 1928; Revista da Semana, 1934)
     

A linda estação de Henrique Hargreaves, ainda com o nome todo no distico, no início do século. É a que virou em 1934 Dom Bosco. Acervo Carlos Cornejo

A antiga estação de Hargreaves, hoje Dom Bosco, mas já demolida. Acervo Marcelo Lordeiro

A plataforma foi tudo o que restou da bela estação. Foto Pedro Paulo Rezende, em 24/01/2004.

A plataforma foi tudo o que restou da estação. Foto Pedro Paulo Rezende, em 24/01/2004.
   
     
     
Atualização: 22.10.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.