A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Paquequer
Carmo
Barra do São Francisco
...

...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
C. E. F. Sumidouro (1885)
E. F. Leopoldina (1885-1967)
CARMO (antiga BACELAR)
Município de Carmo, RJ
Ramal de Sumidouro - km 238,777 (1960)   RJ-0276
Altitude:   Inauguração: 01.08.1885
Uso atual: cooperativa de produtores de leite   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Sumidouro surgiu da compra da Cia. E. F. do Sumidouro pela Leopoldina, em 1885, logo depois da abertura ao tráfego entre Melo Barreto e a fazenda Bella Joana. Com exceção do pequeno trecho inicial, em Melo Barreto, MG, ele corria todo em território fluminense. Em 1886 ele foi prolongado até a estação nova de Sumidouro, e em 1889 ele chegava a Conselheiro Paulino, na linha do Cantagalo. Os trens de passageiros corriam no trecho entre Melo Barreto e Nova Friburgo, percorrendo um trecho da linha do Cantagalo. Em 31/05/1967 o ramal foi suprimido.
 
A ESTAÇÃO: A estação foi inaugurada com o nome atual. Nos anos 1930, chamava-se Bacelar. Depois o nome reverteu para Carmo.

"A RFFSA decidiu autorizar a venda, pela Urbanizadora Ferroviária, sua subsidiária, de imóveis pertencentes ao patrimônio da E. F. Leopoldina, entre os quais se destacam a estação (...) de Carmo (...), localizados em ramais econômicos, já extintos" (Revista Refesa, maio de 1969).

A cidade em volta da estação é hoje município. Hoje o prédio da antiga estação está ocupado pela cooperativa dos produtores de leite local.

"Um antigo ferroviário, telegrafista entre 1948 e 1983 (ano da aposentadoria) que encontrei por lá me garantiu que esta era realmente a estação, mostrando-me o pequeno trecho que restou da plataforma de pedra: o restante foi demolido" (Gutierrez L. Coelho, 11/2003).

(Fontes: Ricardo Quinteiro de Mattos; André Martins Borges; Gutierrez L. Coelho; Museu de História e Ciências Naturais Além Paraíba, MG; Edmundo Siqueira: Resumo Histórico da Leopoldina Railway, 1938; Cyro Pessoa Jr.: Estudo Descritivo das Estradas de Ferro do Brasil, 1886; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-80; MApa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de Bacelar, possivelmente nos anos 1930. Acervo André Martins Borges - Diretor Museu de História e Ciências Naturais Além Paraíba, MG

A estação, em 2003. Foto Gutierrez L. Coelho

A estação repintada em 12/2010. Foto Ricardo Quinteiro de Mattos

A estação repintada em 12/2010. Foto Ricardo Quinteiro de Mattos
   
     
Atualização: 31.01.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.