A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Vista Alegre
Leopoldina
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: 1965
...
 
E. F. Leopoldina (1877-1965)
LEOPOLDINA
Município de Leopoldina, MG (veja a cidade)
Ramal de Leopoldina - km 341,950 (1960)   MG-1832
Altitude: 221 m   Inauguração: 31.07.1877
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: O curto ramal foi aberto em 31/07/1877 para que a E. F. Leopoldina atingisse, a partir da estação de Vista Alegre, a cidade que lhe deu o nome, Leopoldina. Em 25/02/1965, o ramal foi extinto.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Leopoldina foi inaugurada em 1877 pela E. F. Leopoldina. Ela era a estação terminal do curto ramal de

ACIMA: Os horários do trem que saía da cidade de Leopoldina em 1913, indo até Cataguazes. Desta podia-se seguir para outras cidades próximas também (O Estado de S. Paulo, 3/2/1913).
Leopoldina
(12 km). A cidade foi a responsável pelo nome da ferrovia: era para lá que deveria seguir a primeira linha, na concessão original. Acabou sendo apenas ponta de curto ramal. A

ACIMA: A E. F. Leopoldina na cidade que lhe deu o nome, ao lado da estação - provavelmente anos 1950 (Autor desconhecido).
estação, como muitas outras em Minas Gerais, ficava no meio da cidade, sendo mais uma das casas da rua: os trilhos e as locomotivas a vapor passavam no meio da rua misturados com os carros, como se fossem linhas de bonde... A estação foi fechada com o ramal, em 25/02/1965. Foi tudo demolido. É inacreditável que a cidade não tenha preservado o pátio ferroviário da cidade onde nasceu a Estrada de Ferro Leopoldina, uma das mais tradicionais ferrovias brasileiras nos séculos XIX e XX. Leia sobre isto aqui
(Fontes: Manuel Monachesi; Horst Wolff; Aldo Pace; Preserve; Edmundo Siqueira: Resumo Histórico da Leopoldina Railway, 1938; Correio da Manhã, 1915; Cyro Pessoa Jr.: Estudo Descritivo das Estradas de Ferro do Brasil, 1886; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-80)
     

A estação em 1915. Correio da Manhã, 18/2/1915

A estação de Leopoldina, no alto da foto, ainda em atividade. Acervo Aldo Pace, cedida por Manuel Monachesi

A estação, sem data. Acervo Preserve

A estação, em 1952. Autor desconhecido. Acervo Ralph M. Giesbrecht

A estação de Leopoldina, em 1956. Acervo Horst Wolff
 
     
Atualização: 30.07.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.