A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
(1948-2001)
Lagoa Branca
Joaquim Libânio
Casa Branca-nova
...

Tronco CM-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1999
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1948-1971)
FEPASA (1971-1998)
JOAQUIM LIBÂNIO
(antiga COCAIS-NOVA)
Município de Casa Branca, SP
Variante Lagoa-Tambaú - km 157,724   SP-1452
    Inauguração: 02.12.1948
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1948 (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: A variante construída pela Mogiana foi entregue parte entre 1948 e 1951, sendo terminada somente em 1959. Começando na estação de Lagoa Branca, ela seguiu a oeste do tronco original e atingiu Baldeação, deixando na primeira fase as estações de Cocais, Papagaios, Casa Branca, Briaréu e Cel. Correa fora dos trilhos. Por outro lado, criou na variante três estações novas, Joaquim Libânio, Casa Branca e Cel. Correa. Em 1959, foi a vez das estações de Brejão, Baldeação, Cel. J. Egidio e Tambaú ficarem fora da linha, que passou pelo norte da linha original e se ligou à estação de Faveiro, ainda na linha antiga. Baldeação, por sua vez, ficou ligada por um curto ramal à estação de Cel. Correa-nova, até 1967, quando esse ramal desapareceu de vez. Cel. J. Egidio e Tambaú ganharam versões novas na variante.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Joaquim Libânio, muito pequena, foi inaugurada em 1948, como Cocais-nova, mas depois, em 1/7/51, recebeu o nome de um diretor da Mogiana, falecido em 1949. Ficava muito próxima à estação velha de Cocais e à fazenda do mesmo nome. Durante algum tempo, o ramal de Mococa partiu dessa estação: ou seja, quando o tronco novo foi ativado, nos anos 1950, Joaquim Libânio ficava praticamente onde se separavam o novo e o velho tronco. Este último ainda ficou ativo

ACIMA: A estação de Joaquim Libânio, em mapa em que aparecem parte da linha antiga (com cruzes e interrompida) e as novas (somente com cruzes não interrompidas). Veja a estação no canto direito inferior do mapa. A estação de Casa Branca velha já aparece no ramal, como Est. - CLIQUE SOBRE A FIGURA (IBGE, anos 1960).
por alguns anos, seguindo até Casa Branca-velha e daí em frente para Itobi etc. A estaçãozinha, então, tinha duas plataformas de embarque. Com a supressão do trecho antigo, alguns anos depois, a estação perdeu sua importância. Em 15/01/1969, foi fechada e transformada em parada. Na relação de estações da Mogiana, nesse ano, já não era mais listada. A estação, que já em 1986 estava abandonada e semi-depredada, não sobreviveu. Foi demolida, juntamente com as casas de linha que ficavam perto dela.
     

Pátio da estação, provavelmente final dos anos 1940. O vagão parado à esquerda na foto, ao lado do comboio, pode ser o prédio provisório da estação. Foto cedida por Carlos A. Missaglia

A estação de Joaquim Libânio depredada, em 1986. Foto do relatório da Fepasa, 1986

A estação de Joaquim Libânio depredada, em 1986. Foto do relatório da Fepasa, 1986

A plataforma da estação demolida, em 2003. Foto Douglas Bulhões e Alvarenga Jr.
   
     
Atualização: 17.08.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.