A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Gavião Peixoto
Nova Paulicéia
Nova Europa
...

Ramal de Rib. Bonito-1950
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2005
...
 
C. E. F. do Dourado (1908-1949)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1949-1969)
NOVA PAULICÉIA
Município de Gavião Peixoto, SP
Tronco CEFD - km 76,486 (1929)
Ramal de Ribeirão Bonito - km 102,777
  SP-0187
Altitude: 443,500 m   Inauguração: 25.09.1908
Uso atual: serralheria e bar   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1955
 
 
HISTORICO DA LINHA: Em maio de 1894, foi entregue o ramal de Ribeirão Bonito pela Cia. Paulista, saindo da estação de São Carlos, no tronco, e com ponto terminal em Ribeirão Bonito, em bitola métrica. Em 1900, a Cia. E. F. do Dourado (Douradense) abriu uma linha que unia Ribeirão Bonito a Dourado, com bitola de 60 cm. Em 1910, o tronco da Douradense atingiu Ibitinga e mesmo ano sofreu modificações, aumentando-se a bitola para métrica e alterando a ligação Ribeirão Bonito-Trabiju, colocando a estação de Dourado como ponta de um curto ramal. Somente em 1939 a Douradense prolongou a linha, chegando até Novo Horizonte. Em 1949, a Paulista adquiriu a Douradense, adicionando a sua linha-tronco ao ramal de Ribeirão Bonito, que agora ligaria São Carlos a Novo Horizonte diretamente. Em 1966, a linha entre Ibitinga e Novo Horizonte foi suprimida, e em 3 de janeiro de 1969, todo o ramal de Ribeirão Bonito foi desativado. Os trilhos foram retirados pouco tempo depois.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Nova Paulicéia foi aberta pela E. F. Dourado em 1908 (embora algumas fontes citem a data de 10/08/1906).

Era originalmente uma das três colônias resultantes do desmembramento em 1908 do Núcleo Colonial do Cambuhy, organizado pelo Governo já visando, ao que parece, a chegada da ferrovia.

No início, Nova Paulicéia era sede de um distrito de Araraquara, mas, com o tempo, Gavião Peixoto cresceu mais e ficou ele com a sede. Nova Europa, por sua vez, tornou-se município nos anos 1950, e Gavião Peixoto, nos anos 1990, ficando Nova Paulicéia como um pequeno bairro rural deste. Hoje é um núcleo espalhado, com poucas casas.

Em 1932, o pátio da estação foi fechado com cerca de trilhos.

A estação passou a integrar o ramal de Ribeirão Bonito em 1949, com sua aquisição pela Cia. Paulista.

Em 1955, foi reconstruída. Foi finalmente desativada em 1968, cerca de seis meses antes da desativação do ramal.

A estação servia em 2005 como bar e como serralheria, às margens da estrada que liga Gavião Peixoto a Nova Europa.

Em 2006 anunciou-se uma seção de cinema na velha estação, com o filme Os Dois Filhos de Francisco. Eram já, mesmo, outros tempos.

(Veja mais sobre NOVA PAULICEIA)


ACIMA: Desenho da esplanada da estação de Nova Pauliceia em 1949, feito pela Cia. Paulista de Estradas de Ferro, que acabara de adquirir a ferrovia. Infelizmente a cópia foi acrescida de uma fotografia de um trem que esconde parte das linhas e de duas faixas pretas verticais (Acervo João Roberto Martinez).

ACIMA: O fechamento da estação em 15 de agosto de 1968 (O Estado de S. Paulo, 1/8/1968).
ABAIXO: Em 2005, a estação servia como bar, colocando propaganda no jornal quinzenal de Gavião Peixoto, "O Gavionense" (Acervo João Roberto Martinez).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Alberto del Bianco; João Roberto Martinez; Celso Poli; O Estado de São Paulo, 1968;O Gavionense, 2005; Arquivo do Estado de São Paulo; E. F. Dourado: Relatório anual, 1909; Álbum de Araraquara, 1915; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

Capa do estudo que deu origem aos núcleos de Gavião Peixoto, Nova Paulicéia e Nova Europa, no início do século. Acervo do Arquivo do Estado de São Paulo

Uma ALCO RSD8 da Paulista posa na plataforma da estação de Nova Paulicéia, nos anos 1960. Autor desconhecido

Uma ALCO RSD8 da Paulista posa na plataforma da estação de Nova Paulicéia, nos anos 1960. Autor desconhecido

Antiga estação de Nova Paulicéia em 15/09/2000. Foto Ralph M. Giesbrecht

Em 30/04/2002, a velha estação em nada mudou. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação em 2005, vista do lado da fachada. Ali é mostrada a data de sua construção: 1/3/1955. Portanto, havia outro prédio antes. Infelizmente, foram construídos dois "puxadinhos" ali. Foto Celso Poli

A estação em 2013. Foto Alberto del Bianco
   
     
Atualização: 21.05.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.