A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Piqueri
Pirituba
Vila Clarisse
...

SPR-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2012
...
 
São Paulo Railway (1885-1946)
E. F. Santos-Jundiaí (1946-1994)
CPTM (1994-2014)
PIRITUBA
Município de São Paulo, SP
Linha-tronco - km 90,320 (1935)   SP-1724
Altitude: 731 m   Inauguração: 01.02.1885
Uso atual: estação de trens metropolitanos   com trilhos
Data de construção do prédio atual: anos 1970
 
HISTORICO DA LINHA: A São Paulo Railway - SPR ou popularmente "Ingleza" - foi a primeira estrada de ferro construída em solo paulista. Construída entre 1862 e 1867 por investidores ingleses, tinha inicialmente como um de seus maiores acionistas o Barão de Mauá. Ligando Jundiaí a Santos, transportou durante muito anos - até a década de 30, quando a Sorocabana abriu a Mairinque-Santos - o café e outras mercadorias, além de passageiros de forma monopolística do interior para o porto, sendo um verdadeiro funil que atravessava a cidade de São Paulo de norte a sul. Em 1946, com o final da concessão governamental, passou a pertencer à União sob o nome de E. F. Santos-Jundiaí (EFSJ). O nome pegou e é usado até hoje, embora nos anos 70 tenha passado a pertencer à REFESA, e, em 1997, tenha sido entregue à concessionária MRS, que hoje a controla. O tráfego de passageiros de longa distância terminou em 1997, mas o transporte entre Jundiaí e Paranapiacaba continua até hoje com as TUES dos trens metropolitanos.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Pirituba foi inaugurada em 1885 pela São Paulo Railway. A estação foi o núcleo para a formação do bairro do mesmo nome. Em 1964, passou por reformas e foi construída uma passarela e mais uma plataforma, entregue em 1965. "Nos idos de 1965 um tio meu morava perto da estação de Pirituba, no alto de um morro. A vista para o trecho Pirituba-Lapa da Santos-Jundiaí era espetacular, e a toda hora passavam trens dos mais variados: TUEs (trens-unidade elétricos, de subúrbio) Budd, Gualixo, passageiros da Paulista, carga... ah, se eu tivesse uma máquina fotográfica naquela época!! Mas não dava para ver a ponte sobre o Tietê, uma curva da estrada a escondia. A população conhecia as manhas da Santos-Jundiaí e tomava proveito delas. Não sei porque motivo, em determinados horários, sempre os mesmos, os
ACIMA: Porteiras ferroviárias em Pirituba na Estrada Velha de Campinas - hoje av. Raimundo P. Magalhães - nos anos 1960 (Acervo Páginas Pirituba). ABAIXO: A estação de Pirituba em 16/4/2010 (Foto Amadeu Gomes).

TUE que vinham da Luz paravam por instantes um pouco antes de entrar na estação de Pirituba, provavelmente aguardando a liberação da plataforma. De fato, dali a instantes saía um TUE da estação, rumo a São Paulo, e a composição que se encontrava parada finalmente entrava na estação. Os passageiros que estavam nesses TUEs vindos de São Paulo e que moravam nas imediações da estação tomavam partido dessa manobra. Para evitar ter de se deslocar inutilmente até a estação (de trem) e depois retornar (a pé) ao local onde já se encontravam parados, esses passageiros desembarcavam assim que o trem fazia a parada estratégica antes de entrar na estação, aproveitando que a união entre os dois TUEs que constituíam a composição não tinha sanfona, só a plataforma para passagem
" (Antonio Gorni, 02/2007). O prédio atual é dos anos 1970. Atualmente atende aos trens metropolitanos da CPTM.
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Antonio Gorni; Fúlvio Godói; Guilherme Alpendre; Amadeu Gomes; Paulo Mendes; William Gimenez; Páginas Pirituba; SPR: Relação oficial de estações, 1935; O Estado de S. Paulo, 1997; Mapas - Acervo R. M. Giesbrecht )
     

A estação original, sem data. Autor desconhecido

Estação de Pirituba em 1967. Acervo Paulo Mendes

Estação original de Pirituba, demolida nos anos 1970. Foto cedida por Fúlvio Godói

A estação, anos 1990. Foto cedida por William Gimenez

A estação em 1997. Foto do jornal O Estado de S. Paulo

Plataforma da estação de Pirituba em 2001. Foto Guilherme Alpendre

A estação e a chegada do trem, em 02/2007. Foto Amadeu Gomes

A estação em 02/2007. Foto Amadeu Gomes

A estação em 02/2007. Foto Amadeu Gomes


A estação em 6/2010. Foto Fernando Goes
   
     
Atualização: 16.01.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.