A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Avaí
Barra do Pinheiro
Piratuba
...

Itararé-Uruguai, SC - 1965
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1926-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
BARRA DO PINHEIRO
Município de Rio Capinzal, SC
linha Itararé-Uruguai - km 846,985 (1936)   SC-0457
Altitude: 414 m   Inauguração: 19.07.1926
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Itararé-Uruguai, a linha-tronco da RVPSC, teve a sua construção iniciada em 1896 e o seu primeiro trecho aberto em 1900, entre Piraí do Sul e Rebouças, entroncando-se em Ponta Grossa com a E. F. Paraná. Em 1909 já se entroncava em Itararé, seu quilômetro zero, em São Paulo, com o ramal de Itararé, da Sorocabana. Ao sul, atingiu União da Vitória em 1905 e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul, divisa com Santa Catarina, em 1910. Trens de passageiros, inclusive o famoso Trem Internacional São Paulo-Montevideo, este entre 1943 e 1954, passaram anos por sua linha. Os últimos trens de passageiros, já trens mistos, passaram na região de Ponta Grossa em 1983. Em 1994, o trecho Itararé-Jaguariaíva foi erradicado. Em 1995, o trecho Engenheiro Gutierrez-Porto União também o foi. O trecho Porto União-Marcelino Ramos somente é utilizado hoje eventualmente por trens turísticos de periodicidade irregular e trens de capina da ALL. O trecho Jaguariaíva-Eng. Gutierrez ainda tem movimento de cargueiros da ALL.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Barra do Pinheiro foi inaugurada em 1926. Era um pequeno prédio de madeira no meio da floresta.

Ainda fica isolado, mas do prédio e da plataforma só restaram as fundações. "A paisagem é, assim como em Avaí, simplesmente deslumbrante. Até bem pouco tempo, o local possuia um serviço de balsas. Existia também ali uma grande fábrica de carroças, para até 6 muares, porém infelizmente nada sobrou, nem vestígios" (Nilson Rodrigues, 11/2003).

ACIMA: Na estação de Barra do Pinheiro em julho de 1969 (ABPF-Curitiba).

TRENS - De acordo com os guias de horários e fontes diversas, trens de passageiros pararam nesta estação de 1927 a 1983. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi).
(Fontes: Nilson Rodrigues; ABPF/Curitiba; RVPSC: Relatórios anuais, 1920-60; RVPSC: Horário dos Trens de Passageiros e Cargas, 1936; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

Pilares de sustentação do antigo prédio da estação de Barra do Pinheiro, em 11/2003. Foto Nilson Rodrigues

A balsa abandonada, em 11/2003. Foto Nilson Rodrigues

Pilares de sustentação do antigo prédio da estação de Barra do Pinheiro, em 11/2003. Foto Nilson Rodrigues

O depósito de materiais ainda sobrou em pé, em 11/2003. Foto Nilson Rodrigues
   
     
Atualização: 25.09.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.