A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Florestal
Irati
Engenheiro Gutierrez
...

IBGE - 1960
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1900-1930)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1930-1975)
RFFSA (1975-1996)
IRATI
Município de Irati, PR (veja a cidade)
linha Itararé-Uruguai - km 358,980 (1936)   PR-0478
Altitude: 812 m   Inauguração: 01.01.1900
Uso atual: estação   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1935
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Itararé-Uruguai, a linha-tronco da RVPSC, teve a sua construção iniciada em 1896 e o seu primeiro trecho aberto em 1900, entre Piraí do Sul e Rebouças, entroncando-se em Ponta Grossa com a E. F. Paraná. Em 1909 já se entroncava em Itararé, seu quilômetro zero, em São Paulo, com o ramal de Itararé, da Sorocabana. Ao sul, atingiu União da Vitória em 1905 e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul, divisa com Santa Catarina, em 1910. Trens de passageiros, inclusive o famoso Trem Internacional São Paulo-Montevideo, este entre 1943 e 1954, passaram anos por sua linha. Os últimos trens de passageiros, já trens mistos, passaram na região de Ponta Grossa em 1983. Em 1994, o trecho Itararé-Jaguariaíva foi erradicado. Em 1995, o trecho Engenheiro Gutierrez-Porto União também o foi. O trecho Porto União-Marcelino Ramos somente é utilizado hoje eventualmente por trens turísticos de periodicidade irregular e trens de capina da ALL. O trecho Jaguariaíva-Eng. Gutierrez ainda tem movimento de cargueiros da ALL.
 
A ESTAÇÃO: A estação foi aberta em 1900. O relatório da RVPSC de 1937 afirmava que a estação de Irati "era um velho e pequeno edifício de madeira sem higiene nem segurança e desconfortável, que não comportava qualquer modificação nem conserto. Com um projeto de 1935, a nova estação já foi construída". O novo prédio é o que existe até hoje. Por ali ainda passam os trens que se dirigem ao oeste do Paraná pelo ramal de Guarapuava. Ainda é utilizada como estação pela ALL e está muito bem conservada.


ACIMA: Em foto provavelmente dos anos 1920, altos funcionários da São Paulo-Rio Grande posam ao lado da estação e do carro-administração em Irati (Acervo Flavio Cavalcanti).

1935
AO LADO:
Uma nova estação para a cidade (O Estado de S. Paulo, 10/10/1935)


ACIMA: Vista aérea de Irati em 2011 mostrando a posição do triângulo de reversão - que hoje não existe mais.

TRENS - De acordo com os guias de horários e fontes diversas, trens de passageiros pararam nesta estação de 1900 a 1983. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi). Na foto à esquerda, o trem de passageiros está parado (possivelmente anos 1930) na estação de Roxo Roiz.

(Fontes: Flávio Marcellini; Jefferson da Luz; Marcelo Augusto Barbosa; Flavio Cavalcanti; Daniel Trevisan; Luciano Pavloski; RVPSC: Relatórios anuais, 1920-60; RVPSC: Horário dos Trens de Passageiros e Cargas, 1936; IBGE, 1960)
     

A estação original em 1900. Autor desconhecido

A estação de madeira, sem data. Foto cedida por Luciano Pavloski

Sala de espera da estação nova, em 1937. Foto dos relatórios da RVPSC

Restaurante da estação nova, em 1937. Foto dos relatórios da RVPSC

A estação nova de Irati, em 1935, rececm-aberta. Foto dos relatórios da RVPSC

Tram da ALL em frente à estação de Irati, em 1999. Foto Daniel Trevisan

A estação em 08/2000. Foto Luciano Pavloski

A estação em 08/2000. Foto Luciano Pavloski

A estação em 08/2000. Foto Luciano Pavloski

A estação em 01/2003. Foto Flávio Marcellini

Locomotiva da ALL na estação de Irati, em 12/2005. Foto Jefferson da Luz

Vista frontal da estação em 05/2006. Foto Marcelo Augusto Barbosa
     
Atualização: 02.08.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.