A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Espalha-Brasas
Piraí do Sul
Tijuco Preto
...

IBGE - 1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2002
...
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1900-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
PIRAÍ DO SUL
Município de Piraí do Sul, PR
linha Itararé-Uruguai - km 156,337 (1936)   PR-0051
Altitude: 998,159 m   Inauguração: 01.01.1900
Uso atual: demolida (destruída por um incêndio) em 2014   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1900
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Itararé-Uruguai, a linha-tronco da RVPSC, teve a sua construção iniciada em 1896 e o seu primeiro trecho aberto em 1900, entre Piraí do Sul e Rebouças, entroncando-se em Ponta Grossa com a E. F. Paraná. Em 1909 já se entroncava em Itararé, seu quilômetro zero, em São Paulo, com o ramal de Itararé, da Sorocabana. Ao sul, atingiu União da Vitória em 1905 e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul, divisa com Santa Catarina, em 1910. Trens de passageiros, inclusive o famoso Trem Internacional São Paulo-Montevideo, este entre 1943 e 1954, passaram anos por sua linha. Os últimos trens de passageiros, já trens mistos, passaram na região de Ponta Grossa em 1983. Em 1994, o trecho Itararé-Jaguariaíva foi erradicado. Em 1995, o trecho Engenheiro Gutierrez-Porto União também o foi. O trecho Porto União-Marcelino Ramos somente é utilizado hoje eventualmente por trens turísticos de periodicidade irregular e trens de capina da ALL. O trecho Jaguariaíva-Eng. Gutierrez ainda tem movimento de cargueiros da ALL.
 
HISTÓRICO DA ESTAÇÃO: A estação de Piraí foi aberta em 1900.

O trecho nos anos iniciais do século XXI tinha movimento reduzido de trens, sendo utilizado somente pelas composições que vêm da fábrica de celulose e papel
de Harmonia, no ramal de Monte Alegre, em média uma viagem de ida e volta por dia.

A estação, depois de desativada, foi uma escola infantil. O prédio não estava bem cuidado, mas era utilizado. Madeira precisa de conservação melhor para um prédio que era utilizado somente em parte dele para uma
escola de música.

Em 2010, boa parte dela era utilizada como serralheria e a escola parecia ter sido fechada.

A estação foi tombada pelo Estado do Paraná.
E não adiantou nada. Na madrugada de 30 de março de 2014, abandonada, foi totalmente destruída por um incêndio. "A triste ocorrência que comoveu aos piraienses, principalmente aqueles que conviveram com a estação em funcionamento, foi registrada poucos dias depois que a administração municipal recebeu a informação que toda sua área seria doada para o Município. Da glória ao abandono, o espaço vinha sendo utilizado na atualidade para o consumo de drogas, principalmente o crack. As informações preliminares não descartam a possibilidade que o incêndio tenha sido criminoso" (http://correiodoscampos.com.br, 30/4/2014).
ACIMA: Estação de Piraí do Sul, à direita dos trilhos; à esquerda, o armazém, também de madeira. ABAIXO: Dentro da estação, o hall é assim hoje: ainda escola de música ou escola de crianças? (Fotos Daniel Gentili, 13/6/2009).

 

TRENS - De acordo com os guias de horários e fontes diversas, trens de passageiros pararam nesta estação de 1900 a 1979. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi).

ACIMA: Carregando lenha em Piraí (provavelmente anos 1940. Autor desconhecido). ABAIXO: Ultimo trem para Itararé - misto - fevereiro de 1977 (Foto Adalberto Benites).


ACIMA: O incêndio na madrugada (Correio dos Campos, 30/3/2014). ABAIXO: Depois do incêndio, ficou a plataforma de concreto, e só (ver do lado esquerdo) (Foto Glaucio Henrique Chaves).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Glaucio Henrique Chaves; Adalberto Benites; Douglas Razaboni; Daniel Gentili; Correio dos Campos, 2014; RVPSC: Horário dos Trens de Passageiros e Cargas, 1936; RVPSC: Relatórios anuais, 1933-60; IBGE, 1960)
     

Estação de Piraí do Sul, em 24/09/2002. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação de Piraí do Sul, em 24/09/2002. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação de Piraí do Sul, em 24/09/2002. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação de Piraí do Sul, em 24/09/2002. Foto Ralph M. Giesbrecht

Placa com a quilometragem e a altitude de Piraí do Sul, em 29/12/2003. Foto Douglas Razaboni

Estação de Piraí do Sul, em 29/12/2003. Foto Douglas Razaboni

A estação em 13/6/2009. Foto Daniel Gentili

A estação volta a estar em abandono. Foto Daniel Gentili em 1/2/2013

O incendio deixou ali somente as cinzas da estação em 2014. Foto Correio dos Campos, 30/3/2014
     
Atualização: 25.09.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.