A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Rio Tibagi
Roxo Roiz
Guaragi
...

Itararé-Uruguai, PR- 1965
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1900-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
ROXO ROIZ
Município de Ponta Grossa, PR
linha Itararé-Uruguai - km 274,646 (1936)   PR-0502
Altitude: 275 m   Inauguração: 01.01.1900
Uso atual: demolida em 1998   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1903
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Itararé-Uruguai, a linha-tronco da RVPSC, teve a sua construção iniciada em 1896 e o seu primeiro trecho aberto em 1900, entre Piraí do Sul e Rebouças, entroncando-se em Ponta Grossa com a E. F. Paraná. Em 1909 já se entroncava em Itararé, seu quilômetro zero, em São Paulo, com o ramal de Itararé, da Sorocabana. Ao sul, atingiu União da Vitória em 1905 e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul, divisa com Santa Catarina, em 1910. Trens de passageiros, inclusive o famoso Trem Internacional São Paulo-Montevideo, este entre 1943 e 1954, passaram anos por sua linha. Os últimos trens de passageiros, já trens mistos, passaram na região de Ponta Grossa em 1983. Em 1994, o trecho Itararé-Jaguariaíva foi erradicado. Em 1995, o trecho Engenheiro Gutierrez-Porto União também o foi. O trecho Porto União-Marcelino Ramos somente é utilizado hoje eventualmente por trens turísticos de periodicidade irregular e trens de capina da ALL. O trecho Jaguariaíva-Eng. Gutierrez ainda tem movimento de cargueiros da ALL.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Roxo Roiz, nome do presidente da Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande na época da abertura da estação, foi inaugurada em 1900 com o nome de Jaboticabal. Roxo Roiz foi presidente e acionista majoritário da E. F. São Paulo-Rio Grande entre 1899 e 1906, quando vendeu suas ações para a Brazil Railway. Também era chamado de Antonio Roxo de Rodrigues. Vivia, aparentemente, em Petrópolis, RJ.

Seu outro nome, Roxo de Rodrigues, foi dado à nova estação de Ponta Grossa, aberta em 1900, que permaneceu por algum tempo com esse nome. O nome desta estação é curioso: em 1902, foi aberta a estação de Rio Azul, na mesma linha mas bem mais ao sul, com o nome de Roxo Roiz.

Não muito tempo mais tarde, a estação tomou o nome de Marumbi (que já era o nome de outra estação da RVPSC, mas na Curitiba-Paranaguá), enquanto a vila permanecia com o nome de Roxo Roiz; finalmente, em 1918, o nome da estação e da vila, agora elevada a distrito, foram alterados para Rio Azul. Provavelmente foi depois deste ano que Jaboticabal virou Roxo Roiz...

Em 1997, a estação, já fechada, estava ainda em pé. Foi demolida no ano seguinte. O local é totalmente ermo, não tendo em sua volta qualquer sinal de moradias anteriormente. O local é circundado por extensas áreas rurais.

O vilarejo é bem distante da estação. Hoje pertence ao distrito de Guaragi, que é um dos distritos de Ponta Grossa e não de Palmeira, como está mostrado no mapa de 1956 desta página. Em algum momento, houve a anexação desse distrito por Ponta Grossa.

ACIMA: Carro administração da E. F. São Paulo-Rio Grande em frente à estação de Roxo Roiz, provavelmente anos 1930 (Autor provável: Arthur Wischral. Acervo Flavio Cavalcanti). ABAIXO: A estação e o trem de passageiros, provavelmente anos 1930 (Autor desconhecido).

TRENS - De acordo com os guias de horários e fontes diversas, trens de passageiros pararam nesta estação de 1900 a 1983. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi). Na foto à esquerda, o trem de passageiros está parado (possivelmente anos 1930) na estação de Roxo Roiz.
(Fontes: Nilson Rodrigues; Flavio Cavalcanti; Rogério Haas; acervo Arthur Wischral; Acervo ABPF-Paraná; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1909-1980; RVPSC: Horário dos Trens de Passageiros e Cargas, 1936; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, talvez anos 1930. Autor provável: Arthur Wischral. Acervo Flavio Cavalcanti

Estação de Roxo Roiz, anos 1980. Foto do acervo da ABPF-Paraná

A estação, ainda de pé em 1997. Foto Rogério Hass

Local da antiga estação, em 03/2009. Foto Nilson Rodrigues
   
     
Atualização: 18.02.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.