A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Demétrio Lemos
Ulrich Graff
Alexandria
...

Linha de Mossoró-1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
Rede Ferroviária do Nordeste (1951-1975)
RFFSA (1975-1997)
ULRICH GRAFF (BAIXA VERDE)
Município de Alexandria, RN
E. F. Mossoró-Souza - km 213 (1960)   RN-3556
Altitude: 143 m   Inauguração: 29.12.1951
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Mossoró-Souza foi inaugurada em 1915 entre Porto Franco e a cidade de Mossoró, com o objetivo de se alcançar a cidade de Alexandria, na divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba. Após muitos adiamentos, o prolongamento da linha foi saindo aos poucos, em 1926 a São Sebastião e somente em 1951 a Alexandria. Por volta de 1958 chegou a Souza, encontrando-se com a linha Recife-Fortaleza nessa cidade. Nos anos 1980, a ferrovia foi desativada e seus trilhos arrancados em praticamente todo o percurso.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Ulrich Graff teria sido inaugurada em 1951, e certamente não em 1910, data citada pelo Guia Geral de 1960. Era também chamada de Baixa Verde. O nome da estação é homenagem ao industrial suíço Johann Ulrich Graff. Além de idealizar o projeto, ele chegou a conseguir do Governo Imperial uma concessão para construir uma estrada de ferro partindo de Porto Franco, em Grossos, até os limites da então província em direção
ACIMA: Mapa do município de Alexandria nos anos 1950. Quase na divisa norte, onde está "Baixa", suponho que seja a estação de Baixa Verde, ou Ulrich Graff (IBGE: Enciclopedia dos Municípios Brasileiros, vol. V, 1960).

TRENS - De acordo com os guias de horários e outras fontes, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1951 a 1991. Ao lado, o trem em Patu nos anos 1970. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre o ramal. Veja aqui horários em 1960 e em 1978 (Guias Levi).
aos municípios de Apodi e Pau dos Ferros. Apesar do consentimento, o projeto não saiu do papel porque faltou dinheiro. O sonho de Graff só começou a se concretizar quase 40 anos depois, pelo farmacêutico Jerônimo Rosado, que achou a idéia rentável e começou a procurar apoio político para iniciar a obra. "Foi ele mesmo que deu a primeira picaretada na terra para simbolizar o início das obras da rede ferroviária de Mossoró, onde mais tarde circulariam as locomotivas da prosperidade", relembrou o historiador Geraldo Maia, fazendo referência ao dia 12 de agosto de 1912. A estação de Ulrich Graaf foi demolida antes mesmo do arrancamento dos trilhos, de acordo com Adriano Perazzo, em 07/2006.
(Fontes: Adriano Perazzo; Jonatas Rodrigues; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

     
Atualização: 13.07.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.