A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações de Minas Gerais
...
RMV-Cruzeiro-Juréia
...
Espera
Três Pontas
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Trespontana (1895 -1908)
E. F. Minas e Rio (1908-1910)
Rede Sul-Mineira (1910-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1964)
TRÊS PONTAS
Município de Três Pontas, MG
Ramal de Três Pontas - km 241,568 (1960)   MG-2766
Altitude: 758 m   Inauguração: 10.1924
Uso atual: desconhecido   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Três Pontas, com apenas uma estação, a terminal, foi aberto em 1895 pela E. F. Trespontana. Esta foi incorporada pela Rede Mineira de Viação em 1938. Foi fechado em 27/11/1964.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Três Pontas teria sido inaugurada em 19.08.1895 (de acordo com o Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, de 1960), na ponta de um curto ramal que saía da estação de Espera, na linha da E. F. Muzambinho que mais tarde se tornou a linha Cruzeiro-Juréia da RMV.

Outras fontes citam 1924 como o da abertura do ramal - veja caixa abaixo.

A estação foi fechada com o ramal, em 1964.

A estação foi depois demolida e em seu lugar construiu-se o prédio da Prefeitura Municipal.

Diferente fonte,da própria cidade, cita a inauguração do ramal e da ferrovia em 12/10/1924: "(...) Em 1920, por iniciativa dos Srs. Manuel da Piedade Rabelo e Francisco Garcia de Miranda, foi construída a primeira estrada de automóvel, que ligava a cidade à estação da Espera, estrada esta que desapareceu após a inauguração da ferrovia. (...) No primeiro quartel deste século XX, desenvolveu-se aqui a cultura do café e a estrada de ferro seria, então, o meio mais adequado para o seu transporte. Criou-se, pois, uma empresa particular, que se encarregou da construção do ramal Três Pontas - Espera, cuja inauguração se deu no dia 12 de outubro de 1924. (...) Infelizmente, a Central Elétrica de Furnas, com a construção de sua barragem, nos tirou aquilo que nos custou um enorme sacrifício, pois foi construído exclusivamente com recursos do município, sem nenhuma ajuda do Estado ou da República" (Miranda, Amélio G.: A História de Três Pontas, Ed. JC, Belo Horizonte, 1980 - pág. 66.).

1924
AO LADO:
Anúncio das obras de construção do ramal (O Estado de S. Paulo, 25/5/1924).
(Fontes: Afonso Henrique Paione de Carvalho; O Estado de S. Paulo, 1924; Miranda, Amélio G.: A História de Três Pontas, Ed. JC, Belo Horizonte, 1980; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, de 1960)
     

A estação de Três Pontas, nos anos 1930. Foto extraída do livro "As ferrovias em Minas Gerais", de Pimenta, Eleutério e Caramuru, SESC, 2003

A estação, ao fundo, em 1930. Foto do livro "A História de Três Pontas", de Amélio Garcia de Miranda, ed. julho 1980, pág.175, cedida por Afonso Henrique Paione de Carvalho, de Varginha, MG
 
     
     
Atualização: 22.10.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.