A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações de Minas Gerais
...
RMV - Linha da Barra
...
Pacau
Joaquim Matoso
Imbuzeiro
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1970)
JOAQUIM MATOSO (antiga RESIDENCIA)
Município de Santa Rita do Jacutinga, MG
Linha da Barra - km 266,625 (1960)   MG-2594
Altitude: 983 m   Inauguração: 01.01.1931
Uso atual: em ruínas (2018)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1931?
 
 
HISTORICO DA LINHA: O primeiro trecho da linha da Barra foi aberto pela V. F. Sapucaí em 1891. Chegou a Baependi em 1895 e parou. Do outro lado, os trechos entre Santa Rita do Jacutinga e Passa-Três, no Estado do Rio, foram construídos a partir de 1879 pela E. F. Santa Isabel do Rio Preto, a E. F. Pirahyense e a E. F. Santana, depois absorvidas pela Sapucaí. De Santa Rita a Baependi, seguiram da primeira para chegar a Baependi somente em 1910. Apenas nesse ano, então, consolidou-se a linha da Barra, com esse nome por causa de Barra do Piraí. Os trens de passageiros circularam até 1942 entre Barra do Piraí e Passa-Três, terminal da linha no Estado do Rio; até 1961, entre Santa Rita do Jacutinga e Barra do Piraí; até 1970, entre Bom Jardim e Santa Rita; até 1972 entre Soledade e Aiuruoca; e até 1977 entre Aiuruoca e Bom Jardim. Os trilhos de toda a linha já foram retirados.
 

A ESTAÇÃO: A estação de Joaquim Matoso foi inaugurada em 1931. Seu nome inicial foi Residencia.

Em 2018, a estação foi "descoberta" em meio ao mato, em ruínas, sem moradores, em péssimas condições. Até o acesso a ela era precaríssimo: "Eu vim pelo alto da serra do Pacau, atravessei o túnel, passei em uma ponte um pouco a frente, uns tres kms depois do túnel, o leito da ferrovia havia desmoronado. Onde caiu era bem do lado de uma subida, você sobe e pega a primeira entrada à direita, onde tem uma tronqueira, depois continuei e subi, passando por baixo das torres de energia, depois desci cerca de um quilômetro pela estrada até onde o leito fazia uma curva fechada para a esquerda. Neste lugar há uma tronqueira pequena. Entrei ali e ufi descendo, passando no meio de uns eucaliptos. A estação estava logo abaixo" (Evandro Landim, 25/2/2018).

ACIMA: Janelas da estação em 2018 (Foto Evandro Landim).

(Fontes: Evandro Landim)

     

A estação tomada pelo mato em 25/2/2018. Foto Evandro Landim
   
     
     
Atualização: 26.02.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.