A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações de Minas Gerais
...
RMV-R. de Paraisópolis
...
Brasópolis
Cruzvera
Paraisópolis
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2004
...
 
Rede Sul-Mineira (1912-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1964)
CRUZVERA
Município de Brasópolis, MG
Ramal de Paraisópolis - km 222 (1957)   MG-2013
Altitude: 879 m   Inauguração: 07.09.1912
Uso atual: abandonada e em ruínas (2004)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1912
 
 
HISTORICO DA LINHA: As informações dão conta da sua construção por volta de 1912. A linha saía da estação de Piranguinho. O ramal foi desativado em 22/05/1964.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Cruzvera foi aberta em 1912. No dístico do prédio aparece esta data, muito apagada.

Seria este o prédio original, ao contrário das estações de Brasópolis e de Paraisópolis, que logo em seguida tiveram seus prédios originais totalmente refeitos.

O nome do local era Vera Cruz: "Prosseguem com grande atividade os trabalhos de construção do ramal ferreo que a Companhia Sapucahy está construindo do Piranguinho a São José do Paraiso, passando pela villa de Vargem Grande, no Estado de Minas. O serviço de locação já se acha no lugar denominado Vera Cruz, adiante de Vargem Grande e duas láguas em direcção a São José do Paraíso" (O Estado de S. Paulo, 9/10/1909).

Em 1936, a estação já se chamava Cruzvera.

Em 2004, estava abandonada e em ruínas, a cerca de 100 metros da escadaria da igreja do bairro, pertencente a Brazópolis. Ficava do outro lado da rodovia, em relação ao centro do bairro. Um senhor que conversou comigo na vila me disse que em 1957 os trilhos já começavam a ser retirados. Será? Afinal, pelo menos até setembro de 1962 os guias ainda acusavam a passagem de trens de passageiros pelo ramal.

E o Guia Geral de 1960 ainda mostra a linha e suas estações. A linha foi erradicada oficialmente em 22/5/1964. E com um sorriso nos lábios ele se lembrava dos tempos em que tomou muitas vezes ali as locomotivas a vapor, alimentadas a óleo, carvão, lenha...


ACIMA: Túnel ferroviário entre as estações de Cruzvera e de Paraisópolis, fotografado em 10/7/2010 (Foto Daniel Sperandelli).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; O Estado de S. Paulo, 1909; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-65)
     

Estação de Cruzvera, lado de frente para a vila. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht, em 24/10/2004

Estação de Cruzvera, lado de trás para a vila. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht, em 24/10/2004

Estação de Cruzvera. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht, em 24/10/2004
     
     
Atualização: 04.06.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.