A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Farroupilha
Forqueta
Desvio Rizzo
...
Mapa das linhas em 1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil (1910-1920)
V. F. Rio Grande do Sul (1920-1975)
RFFSA (1975-1994)
FORQUETA
Município de Caxias do Sul, RS
Linha de Caxias - km 934,474 (1960)   RS-1200
    Inauguração: 13.05.1910
Uso atual: abandonada   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1910
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Porto Alegre-Caxias foi aberta no trecho entre a Capital e São Leopoldo em 1874, como a primeira ferrovia do Estado. Em 1876 foi prolongada até a estação de Novo Hamburgo. Em 1905, a Cie. Auxiliaire assumiu a linha. Apenas em 1909 a linha teve continuação, partindo de Rio dos Sinos, 7 km antes de Novo Hamburgo e chegando até Carlos Barbosa, e, no ano seguinte, até Caxias (Caxias do Sul). Em 1920 a linha foi assumida pela VFRGS. Foi desativada nos anos 1980; o trecho até São Leopoldo foi retificado e serve hoje ao sistema Trensurb da Grande Porto Alegre (trens metropolitanos); entre Rio dos Sinos e Montenegro, a linha foi erradicada em 1963, substituída por uma variante; para a frente, existem trilhos ainda em alguns pedaços, mas oficialmente a ferrovia a partir de Montenegro foi extinta em 1994 pela RFFSA.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Forqueta foi inaugurada em 1910 pela Cie. Auxiliaire. O povoado já existia desde 1883, com a abertura de uma casa comercial de Luiz Antonio Feijó Junior em sua propriedade, num entroncamento em formato de garfo que os

ACIMA: Acidente próximo à estação de Forqueta, nos anos 1940. Até o vigário esteve presente (www.clicrbs.com.br).
italianos da colônia já existente nomearam de "forchetta" - garfo, em italiano. O principal produto ali embarcado era madeira de pinho e também vinhos. Ali ainda existem os trilhos. A estação foi a residência de um antigo ferroviário da RFFSA e antes foi um terminal rodoferroviário, como ainda está escrito na parede da plataforma. Em 2007, estava abandonada.
(Fontes: Marcelo Ferrari, 2007; www.clicrbs.com.br; Correio do Povo, 12/06/2005; Revista Ferroviária, 08/2000; IPHAE: Patrimônio Ferroviário do Rio Grande do Sul, 2002; Guias Levi, 1940-1979)
     

A estação, c. 2000. Foto do livro Patrimônio Ferroviário do Rio Grande do Sul, IPHAE, p. 162

A estação de Forqueta em 2007, em ruínas. Foto Marcelo Ferrari

A estação de Forqueta em 2007, em ruínas. Foto Marcelo Ferrari
     
     
Atualização: 10.09.2011
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.