A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Capo-Erê
Erebango
Getúlio Vargas
...
Mapa da linha - 1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil (1910-1920)
V. F. Rio Grande do Sul (1920-1975)
RFFSA (1975-1996)
EREBANGO
Município de Erebango, RS
Linha Marcelino Ramos-Santa Maria - km 113,119 (1960)   RS-1458
Altitude: 764 m   Inauguração: 03.05.1910
Uso atual: pela Prefeitura (2014)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1910
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha unindo Marcelino Ramos e Santa Maria foi ideealizada em 1889 juntamente com todo o trecho entrte Itararé, SP, e Santa Maria, RS, pelo engenheiro Teixeira Soares, visando a ligação ferroviária do Rio de Janeiro e São Paulo com o sul do País e também a colonização de boa parte do percurso, locais ainda virgens. A parte correspondente ao Estado do Rio Grande do Sul acabou sendo construída separadamente do restante do trecho (que seria chamado de linha Itararé-Uruguai) e entregue em 1894 à Cie. Sud Ouest Brésilien, e em 1907 cedida à Cie. Auxiliaire au Brésil. Em 1920, passou para o Governo, formando-se a Viação Férrea do Rio Grande do Sul, que, em 1969, teve as operações absorvidas pela RFFSA. Com parte do trecho desativada em meados dos anos 1990, em 1996 a ALL recebeu a concessão da linha, bem como de todas as outras ainda existentes no Estado. Trens de passageiros circularam até os anos 1980 pela linha.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Erebango foi aberta em 1910 pela Cie. Auxiliaire. É feita em madeira e alvenaria e ainda está de pé ao lado da linha desativada.

Em julho de 1915, foi entregue a ferrovia de Quatro Irmãos, construído para a Jewish Colonization Co., com 20 km e partindo da estação de Erebango. Ela deveria atingir o povoado de Nonoahy, municipio de Palmeira, com 75 km. O ramal entregue tinha duas estações, uma não identificada, a segunda, Quatro Irmãos, "futura sede de colônia". O tráfego era definido como público, mas jamais encontrei referências a ele nos Guias Levi.

Pelo que verifiquei, esse ramal ainda existia em 1925 (ver caixa abaixo) e mesmo nos anos 1940 e jamais passou de Quatro Irmãos.

Em 2014, a estação, desativada desde os anos 1980, estava em bom estado de conservação, pelo menos externamente e abrigava órgão da Prefeitura.

1925
AO LADO:
A ferrovia Erebango-Quatro Irmãos (O Estado de S. Paulo, 27/7/1925).
(Fontes: Vitor Hugo Langaro; IPHAE: Patrimônio Ferroviário do Rio Grande do Sul, 2002; www.educarede.org.br; revista Brazil Ferrocarril, 15/7/1915; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, c. 2000. Foto do livro Patrimônio Ferroviário do Rio Grande do Sul, IPHAE, p. 224

A estação em 2008. www.educarede.org.br

A estação em 2014. Foto Vitor Hugo Langaro
     
     
Atualização: 18.12.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.