A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Oliveira Barros
Serrinha
Cedro
...

ramal de Juquiá-1980

IBGE-1956
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2000
...
 
E. F. Sorocabana (1930-1971)
FEPASA (1971-1998)
SERRINHA
Município de Miracatu, SP
Ramal de Juquiá - km 243,872 (1986)   SP-1792
Altitude: 37 m   Inauguração: 1930
Uso atual: n/d   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal foi construído pelos ingleses da Southern São Paulo Railway, entre 1913 e 1915, partindo de Santos e atingindo Juquiá. Em novembro de 1927, o Governo do Estado comprou a linha e a entregou à Sorocabana, já estatal, no mês seguinte. O trecho entre Santos e Samaritá foi incorporado à Mairinque-Santos, que estava em início de construção no trecho da serra do Mar, e o restante foi transformado no ramal de Juquiá. A partir daí, novas estações foram construídas, e em 1981, o ramal foi prolongado pela Fepasa, já dona da linha desde 1971, até Cajati, para atender as fábricas de feritlizantes da região. O transporte de passageiros entre Santos e Juquiá foi suspenso em 1997, depois de 84 anos. A linha seguiu ativa para trens de carga que passavam quase diariamente, transportando enxofre do porto para Cajati, até o início de 2003, quando barreiras caíram sobre a linha na região do Ribeira. O transporte foi suspenso e a concessionária Ferroban desativou a linha, que o mato cobriu rapidamente.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Serrinha foi inaugurada em 1930, pela Sorocabana, com a quilometragem original de 151,950. Era apenas uma parada, cuja plataforma, em relatos de 1986, já estava sem a cobertura. A foto é dessa época.
     

A parada em 1986. Foto do relatório da Fepasa desse ano

As duas fotos, de 22/06/2004, foram tiradas e enviadas por Jaime Manzano, como sendo de Serrinha. Porém, nota-se adiferença...

...com a foto de 1986, em termos da cobertura da plataforma. Qual delas será, realmente, Serrinha? As de 2004 ou a de 1986?
     
     
Atualização: 04.03.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.