A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Altair
Suinana
Sotero
...

ram. Nova Granada-1950
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2003
...
 
Cia. Ferroviária São Paulo-Goiaz (1934-1950)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1950-1969)
SUINANA
Município de Altair, SP
Linha-tronco SPG - km 115,918
Ramal de Nova Granada - km 115,918
  SP-2882
Altitude: 503,800 m   Inauguração: 15.10.1934
Uso atual: não descoberto   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1942
 
 
HISTORICO DA LINHA: A Companhia Estrada de Ferro São Paulo-Goiaz começou a operar em 1910 ou 1911, dependendo da fonte, com a intenção de levar os trilhos até Goiás, partindo da estação de Bebedouro. As linhas também seguiriam dessa estação da Paulista até a estação de Passagem nos anos seguintes. Em 1914, a empresa faliu e em 1916 foi constituída a partir da massa falida, que continuava operando, a Cia. Ferroviária São Paulo-Goiaz. Nessa altura, a linha seguia de Passagem a Villa Olímpia (Olímpia), passando por Bebedouro, com um ramal saindo de Ibitiúva a Terra Roxa. Em 1927, a Paulista comprou todo o trecho entre Passagem e Bebedouro, incluindo o pequeno ramal; a CFSPG passou a operar apenas o trecho Bebedouro-Olímpia, que em 1931 foi esticado até Nova Granada. A ferrovia, de bitola métrica, que deveria cruzar a fronteira próximo a Icem, na Cachoeira do Marimbondo, nunca passou de Nova Granada nem chegou a Goiás. Em 1950, a Cia. Paulista a adquiriu e a transformou no ramal de Nova Granada. Este, depois de receber pesados investimentos durante os dez anos seguintes, acabou por ter o trecho final (Olímpia-Nova Granada) suprimido pela Paulista já estatal, em 1966, e em 2/1/1969, todo a linha restante também foi extinta. Os trilhos e as propriedades foram arrancados e vendidas pouco tempo depois. Dela pouca coisa restou, tendo a grande maioria das estações sido demolida.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Suinana foi aberta em 1942, de acordo com os relatórios posteriores da Cia. Paulista. Porém, a abertura de um posto telegráfico para facilitar cruzamentos ("providencia recomendada a bem da circulação dos trens, facilitando-lhe o cruzamento") no km 116 ocorreu ainda pela São Paulo-Goiaz em 15 de outubro de 1934, de acordo com o relatório da Companhia para este ano. Ou seja, era Suinana. Em 1944, os guias já mostram a estação, ou posto, com este nome, o que leva a crer que em 1942 tenha eventualmente havido a instalação de mais e melhores facilidades no posto, ou simplesmente da adoção do atual nome, que, antes, nos guias, constava apenas como km 116. Em 1950 passou a pertencer ao ramal de Nova Granada, com a compra da

ACIMA: Ponte metálica sobre o rio Turvo, entre as estações de Suinana e de Altair, a cerca de 1,5 km da primeira (Foto Washington Luis Alves Junior, agosto de 2008).
São Paulo-Goiaz pela Cia. Paulista. Em 1966, foi desativada juntamente com o trecho Olímpia-Nova Granada. A desativação do trecho gerou problemas para a cidade de Altair e o pequeno núcleo de Suinana que ainda se refletiam em 1980: houve um movimento nas cidades, em 1966, antes da desativação, para pedir ao governador Abreu Sodré que não o fizesse, pedido que foi negado. Porém, as promessas de investimento em rodovias que levavam a Altair não foram cumpridos. Nesse ano de 1980, o prefeito da cidade pediu para lotear parte do terreno da FEPASA no bairro; não se sabe qual foi o resultado disto (OESP, 7/6/1980). O prédio ainda existe, em boas condições, e aparentemente fechado. Talvez seja algum depósito. Está à beira da estrada que liga Onda Verde a Altair e que, em boa parte do trecho, acompanha o leito do antigo ramal. É pequena, tanto o prédio quanto a plataforma. As casas próximas a ela parecem ter sido da vila ferroviária, também. O lugarejo no seu entorno é muito pobre, tendo cerca de 30 a 40 casinhas muito simples e recentes.
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Washington Luis Alves Junior; OESP, 1980; EFSPG: relatórios, 1925-36; Cia. Paulista: Relatórios, 1950-69; Mapas: acervo Ralph M. Giesbrecht)
     

A estação de Suinana, em 04/05/2003. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação de Suinana, em 04/05/2003. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação de Suinana, em 04/05/2003. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação em agosto de 2008. Foto Washington Luis Alves Junior
   
     
Atualização: 24.01.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.