...
General Osório
Canivete
General Brito
...

IBGE - 1960
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1913-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
CANIVETE
Município de Mafra, SC (veja o local)
Linha de S. Francisco - km 277,369 (1936)   SC-2052
Altitude: 771 m   Inauguração: 01.04.1913
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de abertura do prédio atual: n/d (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do São Francisco teve o primeiro trecho entregue pela E. F. São Paulo-Rio Grande em 1906, ligando o porto de São Francisco (hoje do Sul) a Joinville. Em 1910, a linha foi prolongada até Hansa (Corupá), em 1913 até Tres Barras, e finalmente em 1917 atinge Porto União da Vitória, de onde deveria continuar até atingir Foa do Iguaçu, Este último trecho jamais foi construído. A linha se entronca com o Tronco Sul em Mafra e com a antiga Itararé-Uruguai em Porto União da Vitória. O último trem de passageiros, na verdade uma litorina diária, passou pelo trecho entre Corupá e São Francisco do Sul em janeiro de 1991. O trem misto que servia à linha já não existia desde 1985. Depois disso, apenas alguns trens a vapor turísticos da ABPF têm percorrido a linha, principalmente na região de Rio Negrinho. O trecho entre Mafra e Porto União esteve durante anos abandonado, tendo sido recuperado durante o ano de 2004, mas continua com o tráfego muito escasso. Já o trecho entre Mafra e São Francisco tem grande movimento de cargueiros da concessionária ALL.
 
HISTÓRICO DA ESTAÇÃO: A estação de Canivete foi inaugurada em 1913.

Do outro lado do rio Iguaçu em relação à estação, em 1924, existia um posto fiscal da Coletoria Paranaense, de nome "Posto Fiscal de Vera Cruz".

A estação era de madeira e já foi demolida. Hoje, perdida no meio do nada, restam dela apenas a plataforma e trilhos e os antigos desvios.

"Foi uma jornada dura (chegar a ela)... o problema é que muitas estações nesse trecho estão com acesso muito difícil, pois com a erradicação da ferrovia, o pessoal se mudou, tudo foi demolido, e para complicar, essa região possui enormes áreas de reflorestamento, para servir à fábrica de papel da Rigesa, em Tres Barras. Formam-se extensas áreas, com muitas picadas entrecortando, e isso dificulta achar os caminhos. Só consegui chegar até General Osório com a ajuda de um funcionário do setor florestal da Rigesa. Canivete ainda possui plataforma, mas Osório e também Bugre sumiram do mapa. Nenhum vestígio, nem as sapatas de sustentação. O ataque de famintos borrachudos não permitiu continuarmos a difícil empreitada. Ali não volto mais..." (Nilson Rodrigues, 11/2004).

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1913 a 1991. AO LADO: Bilhete desse trem na época da RFFSA. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi).

ACIMA: Pontilhão na linha, não muito distante da estação de Canivete: totalmente abandonado em março de 2017 (Foto Ivan Rocha).

(Fontes: Ivan Rocha; Nilson Rodrigues; Jean Carlos Kuester; João Paulo_, 2003; RVPSC: Horário dos Trens e Passageiros e Cargas, 1936; Secretaria Geral do Estado do Paraná: Relatório, 1923-24; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, 1960)
     

A estação em 1952. Acervo Marcos Schwartz

A estação em 1955. Acervo Marcos Schwartz

Entrada do pátio da estação de Canivete, em 06/2003. Fotos João Paulo e Roberto, de Mafra, SC

Antigo pátio da estação de Canivete, em 06/2003. Fotos João Paulo e Roberto, de Mafra, SC

Plataforma da estação de Canivete, em 06/2003. Fotos João Paulo e Roberto, de Mafra, SC

Plataforma da estação de Canivete, em 06/2003. Fotos João Paulo e Roberto, de Mafra, SC
     
     
Atualização: 28.03.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.