A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Vinhedo
Valinhos-velha
Samambaia
...

Tronco CP-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2000
...
 
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1872-1913)
VALINHOS-VELHA
Município de Valinhos, SP
Linha-tronco - km 30,603 (1958)   SP-2951
Altitude: 660 m   Inauguração: 31.03.1872
Uso atual: moradia (2001)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1871-72
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Cia. Paulista foi aberta com seu primeiro trecho, Jundiaí-Campinas, em 1872. A partir daí, foi prolongada até Rio Claro, em 1876, e depois continuou com a aquisição da E. F. Rio-Clarense, em 1892. Prosseguiu por sua linha, depois de expandi-la para bitola larga, até São Carlos (1922) e Rincão (1928). Com a compra da seção leste da São Paulo-Goiaz (1927), expandiu a bitola larga por suas linhas, atravessando o rio Mogi-Guaçu até Passagem, e cruzando-o de volta até Bebedouro (1929), chegando finalmente a Colômbia, no rio Grande (1930), onde estacionou. Em 1971, a FEPASA passou a controlar a linha. Trens de passageiros trafegaram pela linha até março de 2001, nos últimos anos apenas no trecho Campinas-Araraquara.
 
A ESTAÇÃO: O prédio original da estação de Valinhos que foi substituído pelo atual em 1913, ainda existia em 2019 e ficava poucos metros à frente da estação atual. Ela foi construída entre 1871 e 1872 pelos empreiteiros Spairo Sampaio, Valentim Motta e José Daniel de Mello.

Com sua desativação como estação, foi reformada para servir de casa de turma. Em 2020 ainda estava de pé.

O prédio é considerado o edifício mais antigo da zona urbana da cidade.

(Veja também VALINHOS-NOVA)

1884
AO LADO: Acidente com morte na estação de Valinhos (O Estado de S. Paulo, 22/12/1884).

1886
À ESQUERDA:
Acidente na estação (A Provincia de S. Paulo, 22/10/1886).

1887
À ESQUERDA:
Concessáo para a vila de Cabras foi dada a partir de Valinhos, mas anos depois construiram-na a partir de Campinas (A Provincia de S. Paulo, 23/8/1887).

1892
AO LADO: Nota da SPR autorizada pela Cia. Paulista: embarque de cargas na estação (O Estado de S. Paulo, 9/8/1893).

1892
AO LADO: Incêndio de vagão na estação (O Estado de S. Paulo, 9/8/1893).

1893
AO LADO: Acidente com morte na estação de Valinhos (O Estado de S. Paulo, 9/8/1893).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Hermes Hynuy; Dante Luglio; O Malho, 1908; Cia. Paulista - Relatórios anuais, 1871-1920; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação velha ainda em atividade, em 1908. O Malho, 24/8/1908

A velha estação, nos anos 1980. Foto Dante Luglio

Já murada e servindo como moradia, o velho prédio em 19/06/2001. Foto Hermes Hinuy
     
     
Atualização: 09.12.2020
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.