A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
São João da Boa Vista
Bairro Alegre
Águas da Prata
...

ramal de Caldas - 1970

IBGE-1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2016
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1910-1971)
Fepasa (1971-1998)
BAIRRO ALEGRE
Município de São João da Boa Vista, SP
Ramal de Caldas - km 37,243 (1938)   SP-0876
Altitude: 755 m   Inauguração: 15.11.1910
Uso atual: abandonada (2016)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1913
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Caldas foi inaugurado em 1886, para trazer mercadorias da região de São João da Boa Vista e de Poços de Caldas (na época conhecida como Caldas), já em território mineiro. O ramal seguiu, entretanto, deficitário por muitos anos, chegando a ter, de tempos em tempos, seus trens de passageiros suspenso devido a isso. Porém, acabou por ser o único de todos os ramais da Mogiana que permanece ativo até hoje, por causa do transporte de minério de alumínio da estação de Bauxita, uma antes da de Poços de Caldas. Trens de passageiros circularam pela linha até fins de 1976, quando foram suprimidos. Até meados dos anos 90, um trem turístico ainda percorria em determinadas ocasiões o ramal, mas hoje nem ele existe. Os trilhos, entretanto, foram retirados no trecho terminal em Poços de Caldas.
 
A ESTAÇÃO: A estação do Bairro Alegre foi inaugurada em 1910, segundo informado pela própria Mogiana e pelo jornal O Estado de S. Paulo de 7/11/1910: "No dia 15 do corrente será aberta ao tráfego de passageiros, mercadorias e telegrammas a nova estação 'Bairro Allegre' no kilometro 38 do ramal de Caldas, da Companhia Mogyana"; porém, relatórios da mesma Mogiana afirmam que "a construção de uma estação foi autorizada pelo decreto 10475 de 8/10/1913" (Relatório da Mogiana, 1913). O que foi aberto então em 1910? Uma parada simples sem construção definitiva?

Quase 60 anos depois, a Mogiana fechou-a e transformou-a em parada em 15/1/1969 (Relatório da Mogiana, 1969).

"Meus avós paternos tornaram-se moradores do imóvel dois anos após a desativação da estação, mantendo de pé um imóvel que, a meu parecer, deveria ter sido tombado e mantido os moradores para conservação, assim tornando o local refúgio em finais de semana e todo o período das minhas férias escolares. Eles saíram de lá em 1995 devido a uma notícia de que todos os moradores de imóveis da antiga FEPASA seriam retirados das casas. Depois de sua saída o casarão foi invadido por ciganos, andarilhos, desocupados, usuários de droga e teve arrancados todo seu piso e forro de madeira, bem como janelas e portas" (Daniel Cândido Moisés, 15/2/2011).

A antiga estação já estava, em 1999, abandonada e cercada pelo mato. A cerca de 100 metros, ainda existia uma casa de
conserva da Mogiana, habitada. O bairro que lhe deu o nome ficava bastante próximo, mas não o suficiente para salvá-la da ruína em que se encontrava; até o piso de tábuas foi levado. Em 2016, quando ali estive novamente, continuava abandonada e já servindo de refúgio para drogados.
TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1910 a 1969. Veja aqui horários em 1955 (Guias Levi).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Fernando Bruno; Alexandre Dutra; Daniel Cândido Moisés; Antonio Carlos Belviso; Rodrigo Falconi; Mogiana: relatórios anuais, 1875-1969; Mogiana: listagem oficial de estações, 1937; IBGE, 1960; Guias Levi, 1932-79; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em 1986, com o trem cargueiro vindo pela linha recém recuperada. Foto Antonio Carlos Belviso

A estação em 1995, já no abandono. Foto Rodrigo Falconi

Estação abandonada em 24/04/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação abandonada em 24/04/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação abandonada em 24/04/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação abandonada em 24/04/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

Estação abandonada em 24/04/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação do Bairro Alegre em 18/9/2008. Foto Cesar Augusto Tonetti

A estação em maio de 2015. Foto Fernando Bruno
     
Atualização: 04.02.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.