A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
(1952-2001)
Iecobé
Belvedere
Botucatu
...

Tronco EFS - 1935
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Sorocabana (1952-1971)
Fepasa (1971-1998)
BELVEDERE
Município de Botucatu, SP
Variante Juquiratiba-Botucatu - km 263,700 (1960)   SP-1013
Altitude: 711 m   Inauguração: 22.04.1952
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1952 (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Sorocabana, no trecho entre Juquiratiba e Botucatu, foi substituída em 1952 por uma variante que corre mais ao sul e diminuiu o percurso entre essas duas estações através de menos curvas e túneis. O trecho original foi suprimido. Oito novas estações foram construídas para substituir as antigas da linha original. A variante opera até hoje, fazendo parte do tronco da ex-Sorocabana. Trens de passageiros por ali trafegaram até 15/01/1999.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Belvedere era o Pátio VIII, ou estação do km 264, durante sua construção. Foi inaugurada em 1952, com
ACIMA: A "loba" da Sorocabana posa no pátio de Belvedere, no sentido de Botucatu, em 30/12/1953. À esquerda, o Sr. Carlos de Campos, telegrafista e depois maquinista e, finalmente, maestro em Botucatu (Acervo Jorge Luiz Luvizotto). ABAIXO: Vista da estação de Belvedere, em 1965. Ela é o prédiozinho de madeira à direita da foto com os vagões à frente, do outro lado da linha (Acervo Daniel Gentili).

a abertura da variante Juquiratiba-Botucatu. Era um pequeno prédio de madeira que aparentemente e ao contrário de alguns outros da variante, jamais chegou a ser substituído por um de alvenaria. Foi demolido no início dos anos 1980. Entre as estações de Belvedere e de Botucatu até hoje se descortina uma paisagem de serra que é apreciada pelos poucos que conseguem chegar até esses pontos. Geralmente são os maquinistas dos poucos trens
ACIMA: A estação de Belvedere, vista ao fundo a partor da serra (Foto Luiz Simonetti). ABAIXO: Vista a partir do alto da serra de Botucatu (CLIQUE SOBRE ESTA FOTO PARA VER OUTRAS CENAS DA SERRA). (Foto Stenio Gimenez em 9/11/2010)

cargueiros que ainda passam por ali. Porém, velhas histórias ainda são contadas: "Meu pai contava, que quando telegrafista da serra velha de Botucatu, podia acertar o relógio quando o passageiro da Paulista fazia aquela curva fechada que tem logo depois da estação de Torrinha, de madrugada. Em noite muito escura, o farol quase chegava a iluminar a plataforma" (Coaraci Camargo, 12/11/2010). Sempre é bom lembrar que a estação de Torrinha fazia parte do tronco oeste da Paulista, situado ao norte da linha da Sorocabana e não tão próxima assim. CLIQUE AQUI PARA VER AS LINHAS VELHA E NOVA DA SOROCABANA NESTA REGIÃO

TRENS - Embora a estação tenha sido inaugurada em 1952, os guias de horários mostram trens de passageiros parando nesta estação somente entre 19-- a 19--. Ao lado, um destes trens está na serra (cuesta) de Botucatu, tracionado por uma elétrica Loba, em 1960. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1976 (Guias Levi).
(Fontes: Jorge Luiz Luvizotto; Antonio Carlos Santos; Daniel Gentili; Décio Marques, 2004; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; E. F. Sorocabana: Relatórios anuais, 1900-69; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de Belvedere em 1965. Acervo Daniel Gentili.

Local da estação de Belvedere, em 12/2004. Foto Décio Marques

Poste de eletrificação da linha junto à antiga estação. Foto Antonio Carlos Santos em 2014
     
     
Atualização: 11.10.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.