A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Itobi
Engenheiro Röhe
Vila Costina
...

ramal de Mococa-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1894-1954)
ENGENHEIRO RÖHE
Município de Itobi, SP
Ramal de Mococa - km 17,519 (1938)   SP-0315
    Inauguração: 01.10.1894
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal teve origem na Cia. Ramal Férreo do Rio Pardo, empresa particular aberta em 1884 entre Casa Branca e São José do Rio Pardo, e adquirida em junho de 1888 pela Cia. Mogiana, que a transformou no ramal de Mococa, prolongando os seus trilhos em 1890 para atingir Canoas, estação 11 km à frente de Mococa e terminal do ramal. A partir de 1903, da estação de Ribeiro do Vale passou a sair o ramal de Guaxupé, que seguia até essa cidade. Em 1961, o trecho final do ramal entre Mococa e Canoas foi extinto, e em 7/11/1966, o trecho entre Ribeiro do Vale e Mococa também o foi. O que sobrou do ramal, de Casa Branca até Ribeiro do Vale, passou a fazer parte do ramal de Guaxupé e operou até 1977, quando a queda de uma ponte entre S. J. Rio Pardo e Ribeiro do Valle interditaram definitivamente a linha. Em 1986 o trecho entre Casa Branca e S. J. Rio Pardo foi reativado por um curtíssimo espaço de tempo. Por volta de 1992 os trilhos foram retirados.
 
A ESTAÇÃO: Aberta em 1894, a estação de Engenheiro Röhe foi
Da fazenda em Engenheiro Röhe, as lembranças de Capistrano de Abreu: "Bento de Carvalho e o genro Collet ofereceram-me, quando nos encontramos em São Vicente, a fazenda (...). De Caldas ao Engenho Rohe são poucas horas. Tudo isso me alegra (...)" (Carta para Paulo Prado, enviada de Poços de Caldas em 13 de fevereiro de 1921). Sim, ele escreveu Engenho Röhe e não Engenheiro, e sem o trema.
suprimida pela Mogiana em 1954 (*RM-1954). "Seu nome é uma homenagem a Cristiano Henrique Röhe (1842-1922), dinamarquês, engenheiro da Mogiana, casado com Luiza Nogueira. Uma das filhas do casal foi Ilse Röhe Whately, casada em 1912 com Mario Thomaz Whately, nascido em 1885 e emérito professor da

TRENS - Os trens de passageiros pararam nesta estação de 1894 a 1954. Na foto à esquerda, o trem do ramal está chegando em Itobi em 1972. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1948 e em 1968 (Guias Levi).
Escola Politécnica. Tiveram grande e importante descendência" (Eduardo Roxo Nobre, agosto de 2008). Em 1986, a estação já havia sido demolida (relatório de instalações fixas da Fepasa, 1986). Em 2004 ainda havia restos da antiga plataforma e ruínas do armazém de cargas da estação. "Hoje, janeiro de 2006, a vila ferroviária está praticamente destruída sobrando apenas uma casa, esta que está na foto ao fundo. Havia nesta vila ferroviária 4 casas no mínimo" (Humberto Jr e Ilsom Jr, 01/2006).
(Fontes: Correspondência de Capistrano de Abreu, José Honório Rodrigues, volume 1, Rio de Janeiro, 1954; Humberto Jr e Ilsom Jr, 2006; Relatórios oficiais da Mogiana, 1880-1969; Mapas - acervo R. M. Giesbrecht; Eduardo Roxo Nobre, 2008)
     

Restos da plataforma da estação, em 2004, tendo ao fundo as ruínas do armazém de cargas. Foto Humberto Junior e Ilsom Junior

Ruínas do armazém de cargas, em 2004. Foto Humberto Junior e Ilsom Junior
 
     
     
Atualização: 07.01.2012
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.