A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
(1886-1929)
Brotas-velha
Espraiado-velha
Canela-velha
...

ramal de Jaú - 1910
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2008
...
 
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1896-1931)
ESPRAIADO-VELHA
Município de Brotas, SP
Ramal de Jaú - km 37,509   SP-0356
Altitude: -   Inauguração: 01.12.1896
Uso atual: provavelmente demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Jaú foi construído pela Cia. Rio-clarense entre 1885 e 1887, ligando a estação original de Visconde do Rio Claro a Jaú. Entre 1929 e 1931, já com a Paulista, esse ramal sofreu uma retificação entre as estações de Campo Alegre e de Dois Córregos, mantendo apenas a estação de Torrinha em seu lugar entre os dois extremos da obra. Em 1941, o ramal foi totalmente reformulado e teve a bitola ampliada e foi eletrificado, além de ter sido juntado com os ramais de Agudos e de Bauru para formar o tronco oeste da Paulista. Nos anos 70, o nome ramal de Jaú ainda persistia nos horários de trens do Guia Levi, apesar de oficialmente não existir mais a denominação.
 
A ESTAÇÃO: Aberta em 1896, a estação original de Espraiado foi uma das primeiras da linha a ser construída depois que a Paulista comprou a Rio-Clarense dos ingleses, em 1892. Em 1897, foi criada na estação uma agência de correios (OESP, 22/11/1897). Em 1898, festa na estação: por ali passou e desceu o Sr. Campos Salles, presidente eleito da República que tomaria posse em 15 de novembro daquele ano (OESP, 22/9/1898). Em 1901, uma revolta do destacamento militar de Brotas, contra o delegado da cidade, teve uma fuga com embarque nessa estação (OESP, 4/3/1901). Em

1909, notícias de que a Sorocabana pretendia unir a cidade de São Pedro, então terminal do ramal de Piracicaba dessa ferrovia, à estação do Espraiado, fato que jamais ocorreu (OESP, 6/10/1909).


À DIREITA: Problemas com falta de cuidado do maquinista ao parar na estação em 1916 (OESP, 7/10/1916).

Em 1931, a estação foi desativada, e a linha, retirada. Uma nova estação de Espraiado foi construída num enorme aterro ao lado da nova variante. O prédio ainda existiria hoje, mas não pude confirmar essa afirmação. A foto, do álbum dos 50 anos da Cia. Paulista, mostra a estação, ainda ativa, em 1917. (Veja também ESPRAIADO-NOVA)
     

A estação em 1918. Álbum dos 50 anos da Paulista


     
     
Atualização: 25.01.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.