A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Ribeirão da Mata
Vespasiano
Nova Granja
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2006
...

Linha do Centro - 1931
...
 
E. F. Central do Brasil (1894-1975)
RFFSA (1975-1996)
FCA (1996-2008)
VESPASIANO
Município de Vespasiano, MG
Linha do Centro - km 627,292 (1928)   MG-0522
Altitude: 680 m   Inauguração: 06.11.1894
Uso atual: estação da FCA (2008)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: Primeira linha a ser construída pela E. F. Dom Pedro II, que a partir de 1889 passou a se chamar E. F. Central do Brasil, era a espinha dorsal de todo o seu sistema. O primeiro trecho foi entregue em 1858, da estação Dom Pedro II até Belém (Japeri) e daí subiu a serra das Araras, alcançando Barra do Piraí em 1864. Daqui a linha seguiria para Minas Gerais, atingindo Juiz de Fora em 1875. A intenção era atingir o rio São Francisco e dali partir para Belém do Pará. Depois de passar a leste da futura Belo Horizonte, atingindo Pedro Leopoldo em 1895, os trilhos atingiram Pirapora, às margens do São Francisco, em 1910. A ponte ali constrruída foi pouco usada: a estação de Independência, aberta em 1922 do outro lado do rio, foi utilizada por pouco tempo. A própria linha do Centro acabou mudando de direção: entre 1914 e 1926, da estação de Corinto foi construído um ramal para Montes Claros que acabou se tornando o final da linha principal, fazendo com que o antigo trecho final se tornasse o ramal de Pirapora. Em 1948, a linha foi prolongada até Monte Azul, final da linha onde havia a ligação com a V. F. Leste Brasileiro que levava o trem até Salvador. Pela linha do Centro passavam os trens para São Paulo (até 1998) até Barra do Piraí, e para Belo Horizonte (até 1980) até Joaquim Murtinho, estações onde tomavam os respectivos ramais para essas cidades. Antes desta última, porém, havia mudança de bitola, de 1m60 para métrica, na estação de Conselheiro Lafayete. Na baixada fluminense andam até hoje os trens de subúrbio. Entre Japeri e Barra Mansa havia o "Barrinha", até 1996, e finalmente, entre Montes Claros e Monte Azul esses trens sobreviveram até 1996, restos do antigo trem que ia para a Bahia. Em resumo, a linha inteira ainda existe... para trens cargueiros.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Vespasiano foi inaugurada em 1894 na localidade então denolinada Arraial do Capão e o nome da estação foi dado como homenagem ao General Vespasiano Gonçalves de Albuquerque, na época, administrador da E. F. Central do Brasil. Por ali passa atualmente linha de bitola mista (métrica e larga, 1,60m).

ACIMA: Foto da nova trincheira sob a estação de Vespasiano. Notem que ela passa extamente entre a estação e o armazém. Nova Granja foi fechada e todo o movimento veio para esta estação em maio de 2007. No armazém está hoje escrito: "alojamento da via permanente" (Foto Pedro Paulo Resende, 05/2007). ABAIXO: Composição de socorro (GT-26 2985, o guindaste Takraf e três boxes do socorro) da FCA estacionada no pátio da estação, para onde se dirigiu esta manhã a fim de esperar pela operacao de retirada dos tres vagões acidentados no km 628 que se dará no fim de semana ou feriado, pois será menor o trafego de trens (Texto e foto Pedro Paulo Rezende, 23/12/2009).
Em 1985, a RFFSA informava no boletim "Conheça a sua ferrovia" que nesta estação se executava o carregamento de cimento para o cliente SOEICOM, na media mensal de 18.000 toneladas para a bitola métrica e 20.000 para a bitola larga. A estação estava sendo utilizada como dormitório para o pessoal da via permanente da FCA até há pouco. Agora, em maio de 2007, foi reaberta, com o término das obras da trincheira, vista na foto acima. "Em Nova Granja fechou apenas a estação. Era o mais certo. Lá não havia apoio para o pessoal. Era longe de tudo. A maioria do pessoal mora em Vespasiano. Para assumir e deixar o serviço era preciso condução da ferrovia. Mas o que fez a FCA reabrir Vespasiano foi mesmo o movimento aqui na cidade. A fábrica da Soicom recebe dois trens de escória da MRS por dia, mais um de carvão e outro de escoria da FCA. Tem os tanques de LAB da BONI GATX, etc. Nova Granja só tem calcário proveniente dos carregamentos da Itaú e Ical. Agora ficou melhor para o pessoal, porque antes eles estavam sediados lá e passavam o dia todo aqui, manobrando. Agora só vão a Nova Granja quando é preciso levar e buscar vagões na Itaú. Na Ical eles manobram com pá carregadeira. Na formação do trem ao final do dia, usa-se a locomotiva do próprio trem, ou seja, uma Dash ou DDM. Mas o manobrador daqui vai lá ajudar. A estação de Vespasiano dispõe de alojamento grande, já que é sede da via permanente. Com a inauguração da trincheira, o pátio ficou cercado. É mais seguro. Em Nova Granja é tudo aberto e o pessoal ficava meio com medo. Ano passado mataram um rapaz defronte da estação, na madrugada. A reabertura de Vespasiano não atrapalha em nada o trânsito ou rotina, visto que as manobras aqui realizadas são as mesmas de antes. Apenas o pessoal é que veio para cá. É bom ver o prédio aberto novamente. Ficou uma beleza" (Pedro Paulo Resende, 2007). Entretanto, no final de 2008, o prédio foi repintado: "Infelizmente fizeram um serviço 'porco' e apagaram as inscrições de km e altitude nas paredes. O pessoal da estação me informou que a FCA pretende fechar novamente a estação. Para economizar dinheiro com pessoal, agora quem vai fazer a manobra é o próprio maquinista e mais um ajudante de pátio" (Pedro Paulo Resende, 25/12/2008).
(Fontes: Pedro Paulo Resende; Jonathan Sobral; Max Vasconcellos: Vias Brasileiras de Comunicação, 1928; RFFSA: Conheça a sua ferrovia - Treinamento, DECOM-BH, março de 1985; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de Vespasiano, em 2003. Foto Pedro Paulo Resende

A estação em 2004. Foto Pedro Paulo Resende

A estação em 2004. Foto Pedro Paulo Resende
À esquerda, a estação está no canto, à direita, com o trem em primeiro plano passando pela linha principal, na "linha do Sertão", enquanto ao fundo manobram diversas locomotivas no pátio da estação. Foto Pedro Paulo Rezende em 02/2006
A estação em 25/12/2008. Foto Pedro Paulo Rezende
     
Atualização: 30.12.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.