A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Crasto
Felipe dos Santos
Cônego Luiz Vieira
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Central do Brasil (1926-1975)
RFFSA (1975-1996)
FELIPE DOS SANTOS
Município de Barra Longa, MG
Ramal de Ponte Nova - km 615,950 (1928)   MG-0812
Altitude: 403 m   Inauguração: 28.08.1926
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolida)
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Ponte Nova foi construído em 1887 e 1888 para, da estação de Burnier, se atingir Ouro Preto, então capital da Província, de forma que ela se ligasse com o Rio de Janeiro por via férrea. Somente mais tarde, entre 1914 e 1926, é que foi construído o trecho que chegaria até Ponte Nova. Por uma resolução da RFFSA, RI-51 de 2/6/1964, o ramal passou a ser operado pela Leopoldina. Até 1980 ainda havia trens mistos percorrendo o ramal. Atualmente o ramal da Ponte Nova está desativado, tanto para passageiros como para cargas. Seus trilhos foram praticamente todos arrancados.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Felipe dos Santos foi inaugurada em 1926. O nome, que na abertura era Bom Retiro, homenageava a Felipe dos Santos Freire, enforcado após a revolta de Vila Rica, em 1720.

O relatório da Leopoldina/RFFSA de 1971 relata que em 17 de junho desse ano, a estação foi reaberta (então, havia sido fechada algum tempo antes).

Pelo menos até 1980 ainda havia ali movimentação de passageiros que podiam se utilizar dos trens mistos.

A estação já foi demolida. Ela tinha arquitetura em madeira e alvenaria. Levaram até as pedras da plataforma.

ACIMA e À ESQUERDA: "Em 15 de fevereiro (de 2009), fiz um passeio até a cidade de Barra Longa onde, perto, passava o Ramal de Ponte Nova da EFCB. Após a Estação de Crasto, a linha férrea atravessava o Rio do Carmo e seguia até Felipe dos Santos. No dia seguinte, chegamos até Felipe dos Santos, de carro, seguindo uma estrada de 4 Km, sobre o leito da ferrovia, atravessando o Rio do Carmo pelo pontilhão ferroviário. Em Felipe do Santos há um viaduto alto ainda com os dormentes. Mando fotos do pontilhão sobre o Rio do Carmo (na imagem maior, acima) e do viaduto em Felipe dos Santos (à esquerda e na imagem menor, acima)" (Marcio Protzner, 18/3/2009).

ACIMA: Mapa dos anos 1950 mostra a linha passando pelo extremo sul do município de Barra Longa, com as três estações: Crasto, Felipe dos Santos e Cônego Luiz Vieira, no mapa como Barro Branco (mapa parcial) (IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. VII, 1960).

(Fontes: Gutierrez L. Coelho, 2004; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. VII, 1960; Max Vasconcellos: Vias Brasileiras de Comunicação, 1928; RFFSA/ Leopoldina: Relatório, 1971)
     
     
     
     
Atualização: 21.02.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.