A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Passagem de Mariana
Floresta
Mariana
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Central do Brasil (1943-1975)
RFFSA (1975-anos 1980)
FLORESTA
Município de Mariana, MG
Ramal de Ponte Nova - km 553,950 (1960)   MG-4250
Altitude: -   Inauguração: 10.11.1943
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Ponte Nova foi construído em 1887 e 1888 para, da estação de Burnier, se atingir Ouro Preto, então capital da Província, de forma que ela se ligasse com o Rio de Janeiro por via férrea. Somente mais tarde, entre 1914 e 1926, é que foi construído o trecho que chegaria até Ponte Nova. Por uma resolução da RFFSA, RI-51 de 2/6/1964, o ramal passou a ser operado pela Leopoldina. Até 1980 ainda havia trens mistos percorrendo o ramal. Atualmente o ramal da Ponte Nova está desativado, tanto para passageiros como para cargas. Seus trilhos foram praticamente todos arrancados.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Floresta foi inaugurada em 1943. No Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil de 1960, era chamada apenas de "Quilômetro 554", sendo um "PT" - posto telegráfico.

"Esta estação servia à fazenda Floresta, uma grande propriedade rural que faz fundo com a estação. Os donos desta fazenda embarcavam e desembarcavam ali. Havia uma caixa d'água nesta paradinha, junto à plataforma, e só dá pra ver a base de pedra onde ela ficava, hoje destruída. Também ali é uma região de muitos sítios em sua volta e os moradores utilizavam-se de seus serviços. O posto foi demolido na década de 1970, aproximadamente. Um antigo ferroviário me disse que após a demolição da estação, a RFFSA colocou um vagão naquele local que servia de alojamento/almoxarifado para o pessoal da via permanente, isso por volta de 1979-81. Como este vagão ficava lá ao deus-dará, foi roubado e hoje em dia não há nem vestígios dele" (Leandro Guidini, 01/2009).

Fica hoje no atual 12+500, considerando-se o trecho turístico recuperado entre Mariana e Ouro Preto.

(Fontes: Leandro Guidini; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960)
     

Ruínas da escadaria do posto de Floresta. Foto Leandro Guidini em 18/1/2009
     
Atualização: 21.02.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.