A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
General
Ernestina
Caiana
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
E. F. Leopoldina (1917-1975)
RFFSA (1975-1977)
ERNESTINA
Município de Faria Lemos, MG
Linha de Manhuaçu-km 479,743 (1960)   MG-1776
Altitude: 689 m   Inauguração: 10.10.1917
Uso atual: em ruínas (2005)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1917
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha que ligava a estação de Recreio a Santa Luzia (Carangola) teve a sua concessão e construção a cargo da Companhia Alto Muriaé, estabelecida em 1880. Em 2/5/1883, a empresa foi incorporada pela E. F. Leopoldina. Uma alteração de traçado da linha original para Muriaé levou a Leopoldina a passar por uma pequena extensão dentro de território fluminense, onde estava Santo Antonio (Porciúncula), retornando para Minas, seguindo para Carangola, onde chegou em 1887. De 1911 a 1915, a Leopoldina prosseguiu a linha até Manhuaçu, seu ponto final. O trecho Manhuaçu-Carangola foi fechado em 23/07/1975. Porciúncula-Carangola foi fechado em 1977, e em 1979, fechou-se a linha entre Cisneiros e Porciúncula. O pequeno trecho Recreio-Cisneiros nunca foi oficialmente suprimido.
 
A ESTAÇÃO: "A estação de Ernestina está totalmente abandonada, restando apenas as paredes. Numa destas paredes está inscrito em relevo o ano de 1917 que acredito seja o da fundação. É

ABAIXO: Mapa dos anos 1950 mostra a linha passando pelo município de Faria Lemos, incluindo a localidade de Monte Verde, ao norte da sede. A estação de Ernestina fica localizada onde a linha da Leopoldina cruza o topo da serra do Cágado de Cima, entre General e Caiana" (mapa parcial) (IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. VII, 1960).
visitada pelas aventureiros que fazem o Caminho da Luz
" (Alex Amaral Lobato, Carangola, MG, 01/2005). Acredito que esta estação esteja no local do que no mapa abaixo seja a localidade de Monte Verde, mas não consegui confirmação disto.
(Fontes: Sargento Rangel; Ronald Colombini; Alex Amaral Lobato; IBGE: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, vol. VII, 1960; Revista Ferroviária, 2000; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-80)
     

A estação em ruínas, em 01/01/2007. Foto Ronald Colombini

A estação em ruínas, em 01/01/2007. Foto Ronald Colombini

A anita estação em maio de 2011. Foto Sargento Rangel
 
     
Atualização: 17.12.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.