A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Bananeiras
Cândido Froes
Itaperuna
...
Saída do ramal do Poço Fundo: Retiro de Muriaé
...

...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
 
Cia. E. F. Carangola (1884-1890)
Cia. Barão de Araruama (1890)
E. F. Leopoldina (1890-1973)
CÂNDIDO FROES
(antiga POÇO FUNDO)
Município de Itaperuna, RJ
Linha de Carangola - km 449,983 (1960)   RJ-1708
Altitude: 123 m   Inauguração: 05.12.1884
Uso atual: moradia (2017)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
 
HISTORICO DA LINHA: A Companhia Estrada de Ferro do Carangola foi constituída em 20 de março de 1875. Tinha a concessão para diversas linhas nas Províncias do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Entre essas, o que viria a ser mais tarde a linha de Carangola, incorporado pela Cia. Leopoldina em 1890, foi aberto entre as estações de Murundu e de Santo Antonio do Carangola (Porciúncula) entre os anos de 1878 e 1886. A Linha de Carangola foi extinta pela RFFSA em 31/12/1973 no trecho entre Porciúncula e Itaperuna, e em 1/11/1977 no trecho restante.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Poço Fundo foi inaugurada em 1884 pela E. F. Carangola. Nesse mesmo ano, a linha foi estendida até Patrocínio de Muriaé, e, dois anos depois, uma outra linha também saindo de Poço Fundo se estenderia até Porciúncula. O trecho de 1884 ficou, então, conhecido como Ramal do Poço Fundo, uma ligação entre as linhas de Carangola e do Manhuaçu que formava um triângulo.

A ferrovia foi vendida em 1890 para a E. F. Barão de Araruama, que poucos meses depois a repassou para a Leopoldina, embora essa venda apareça como tendo ocorrido em 1888, segundo alguns autores.

Nos anos 1940, a estação teve o nome alterado para Cândido Froes.

A estação foi fechada "em caráter definitivo" em 01/06/1971, de acordo com o relatório da Leopoldina desse ano. Trens de passageiros que passavam por ali foram desativados em 31/12/1973.

Em 2017 a estação já havia sido restaruda e servia como moradia.
(Fontes: Foto Fabio Paixão Assunção; Lucio Fernandes; Edmundo Siqueira: Resumo Histórico da Leopoldina Railway, 1938; Cyro Pessoa Jr.: Estudo Descritivo das Estradas de Ferro do Brasil, 1886; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-1980; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em 2006. Foto Lucio Fernandes

A estação em 2006. Foto Lucio Fernandes

A estação em 2006. Foto Lucio Fernandes

A antiga estação em 20/1/2010. Foto Elmo Gomes de Souza

A velha estação reformada em 11/2017. Foto Fabio Paixão Assunção

A velha estação reformada em 11/2017. Foto Fabio Paixão Assunção
     
Atualização: 12.01.2018
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.