A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Iririm
Magé
Visconde de Itaboraí
...
Entroncamento do ramal de Teresópolis:
Piedade
Magé - EFT
Nova Marília
...

...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...

 
E. F. Leopoldina (1926-1975)
RFFSA (1975-1994)
Flumitrens/Central/Supervia (1994-2014)
MAGÉ (LEOPOLDINA)
Município de Magé, RJ
Linha Saracuruna-Visconde de Inhomerim - km 57,570 (1960)   RJ-4102
Altitude: 4 m   Inauguração: 02.12.1926
Uso atual: estação de subúrbio   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1926
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha ligando Rosário (atual Saracuruna) a Visconde de Itaboraí, projetada desde 1890 pela Leopoldina, somente foi entregue em 1926 devido a inúmeros entraves burocráticos que foram aparecendo pelo caminho durante esses 36 anos. Na prática, foi essa linha que ligou as cidades do Rio de Janeiro e Niterói, contornando a Baía de Guanabara, passando por Magé e dando acesso também do Rio de Janeiro a Teresópolis e a linha do Litoral da Leopoldina. A linha cruzava a antiga ferrovia E. F. Mauá na estação de Entroncamento, hoje Bongaba. A linha Saracuruna-Porto das Caixas está atsiva até hoje, por ela passando trens da Flumitrens/Central que ligam Saracuruna a Guapimirim, entrando pelo antigo ramal de Teresópolis. No trecho Magé-Visconde de Itaboraí somente existe tráfego cargueiro ligando o Rio a Campos e Vitória.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Magé da Leopoldina foi inaugurada em 1926, quando foi aberta a linha da Leopoldina ligando Rosário (Saracuruna) a Porto das Caixas, na linha do Cantagalo. Isto permitiu que a linha férrea seguisse do Rio de Janeiro para Campos, o que não acontecia antes. Até então, para se ir a Campos de trem, quem era do Rio de Janeiro tinha de tomar a barca, cruzar a Baía da Guanabara e, em Niterói, embarcar na linha do Litoral ali. Hoje em dia, em parte dessa ligação de 1926, mais precisamente

ACIMA: Pátio e estação da Leopoldina, de Magé, por volta de 1957. A fábrica que aparece na foto é a fábrica de doces Colombo, que absorvia parte das bananas dos bananais da região nessa época (Fotografia da Enciclopédia dos Municípios Brasileiros, volume VI, 1958, pag. 268).
entre Saracuruna e Magé, trafegam trens de subúrbio em condições precárias da empresa CENTRAL (ex-Flumitrens) que seguem para Guapimirim, entrando em Magé pela antiga linha da E. F. Teresópolis. Na verdade, em Magé há duas estações, uma em cada linha: da ex-E.F.Teresopolis, e a da linha da Leopoldina, inaugurada em 1926. A estação que hoje (2004) funciona é uma estação de linhas mais modernas, construída em concreto e que atende aos trens metropolitanos da CENTRAL (não confundir com a finada Central do Brasil). Mas um dos prédios ainda está de pé, parece ser o da antiga EFT. Parece que o atual prédio moderno da estação de Magé teria sido construído no local da antiga estação da Leopoldina. Há que se checar. A estação foi reformada pela Supervia em 2014: "Segundo a concessionária, a estação recebeu nova comunicação visual, piso tátil, cobertura na plataforma, banheiros adaptados, rampa de acesso, revitalização da área interna, bilheterias e catracas, que passaram a funcionar nesta segunda-feira (14/04), permitindo que os passageiros paguem passagem diretamente no local". (Veja também MAGÉ-E. F. TERESOPOLIS)
(Fontes: Cleiton Pieruccini; Carlos Latuff; Diego Barbosa; SUPERVIA; IBGE: Enciclopedia dos Municípios Brasileiros, 1958; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação da Leopoldina, à esquerda, em 1956. Foto da Enciclopedia dos Municípios Brasileiros, vol. VI, IBGE, 1958

Estação de trens metropolitanos de Magé, em 02/2004. Foto Carlos Latuff

Estação de trens metropolitanos de Magé, em 02/2004. Foto Carlos Latuff

A estação de Magé da Leopoldina em 2002. Foto Carlos Latuff

Estação de trens metropolitanos de Magé, em 02/2004. Foto Carlos Latuff

A estação em 04/2009. Foto Diego Barbosa

A estação em abril de 2009. Foto Diego Barbosa

A estação atual da Flumitrens/CENTRAL em novembro de 2009. Foto Cleiton Pieruccini

A estação atual da Flumitrens/CENTRAL ao fundo, e a da Leopoldina à esquerda em primeiro plano. em novembro de 2009. Foto Cleiton Pieruccini
     
Atualização: 20.04.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.