A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Tamoio
Chibarro
Ouro
...

Tronco CP-1935
 
 
Cia. Rio-Clarense (1885-1888)
Rio Claro Railway (1888-1892)
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1892-1922)
FORTALEZA
Município de Araraquara, SP
Linha-tronco métrica - km   SP-0826
    Inauguração: 18.01.1885
Uso atual: abandonada   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1885?
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Cia. Paulista foi aberta com seu primeiro trecho, Jundiaí-Campinas, em 1872. A partir daí, foi prolongada até Rio Claro, em 1876, e depois continuou com a aquisição da E. F. Rio-Clarense, em 1892. Prosseguiu por sua linha, depois de expandi-la para bitola larga, até São Carlos (1922) e Rincão (1928). Com a compra da seção leste da São Paulo-Goiaz (1927), expandiu a bitola larga por suas linhas, atravessando o rio Mogi-Guaçu até Passagem, e cruzando-o de volta até Bebedouro (1929), chegando finalmente a Colômbia, no rio Grande (1930), onde estacionou. Em 1971, a FEPASA passou a controlar a linha. Trens de passageiros trafegaram pela linha até o final de 2000.
 
A ESTAÇÃO: Inaugurada ainda pela Rioclarense em 1885, a estação de Fortaleza estava no segundo "lote" de estações, no trecho entre São Carlos e Araraquara. Ela foi desativada em 1922, quando se abriu o trecho novo entre São Carlos e Araraquara, com bitola larga, ao mesmo tempo que se fechou a estação e abriu-se uma nova, a 400 metros dali, agora com o nome de Chibarro. A fazenda Fortaleza, que lhe deu o nome original, entretanto, continua lá, e nela está instalada, a cerca de um quilômetro da estação, uma fábrica de papel da Ripasa. A estação também sobrevive até hoje.
     

A estação de Fortaleza, em 1918. Foto Filemon Peres

A estação, de pé até hoje, 80 anos depois de sua desativação. Foto de Hermes Y. Hinuy em 11/06/2002
 
     
     
Atualização: 28.07.2010
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.