A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Pederneiras
Guaianás-velha
Aimorés
...

ramal de Bauru - 1910
 
 
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1910-1939)
GUAIANÁS-VELHA
Município de Pederneiras, SP
Ramal de Bauru - km 16,896 (1938)   SP-1989
    Inauguração: 08.08.1910
Uso atual: n/d   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1910
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Bauru foi aberto em 1910, ligando a estação de Pederneiras, então no ramal de Agudos, a Bauru, onde a Paulista se encontraria com a Sorocabana e a Noroeste. Em 1939, o ramal foi retificado e, e, 1941, unido com bitola larga ao tronco oeste, que passaria a ligar Itirapina a Tupã, desaparecendo o ramal.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Guaianás-velha foi aberta em 1910, ainda fazendo parte do ramal que ligava Pederneiras a Bauru. A revista Brazil Ferrocarril, em junho de 1910, anunciava a abertura do ramal de Bauru com a estação de Barra Seca no km 20. Seria este o nome original desta estação, que era a única do ramal na sua abertura, além da terminal de Bauru? Provavelmente, mas a quilometragem diferente (cerca de 3 km) causa dúvidas. E a inauguração oficial do ramal e das estações de Guaianás-velha e de Bauru foi em agosto, dois meses depois da revista (de junho). Por volta de 1929, da estação saía um ramal particular, pertencente a Gonçalo, Garcia & Cia., de bitola métrica e extensão de 25 km para o transporte de lenha. Com a retificação de 1939, uma nova estação foi construída na linha nova de bitola larga, que a partir de 1941 passou a fazer parte do tronco oeste. A velha estação de Guaianás perdeu os trilhos de bitola métrica e, pelo menos até 1989, ainda ficou de pé. (ver também GUAIANÁS)
     

A estação de Guaianás-velha, em 1918. Foto Filemon Peres

A estação de Guaianás-velha, ainda de pé em 1989. Foto Nilton José Gallo
 
     
     
Atualização: 29.07.2010
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.