A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
(1945-1973/77)
Jaguariúna
Guedes
Cristiano Osório
...
(1977/9-2001)
Jaguariúna-Fepasa
Guedes
Posse de Ressaca-nova
...

Tronco CP-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2003
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1945-1971)
FEPASA (1971-1998)
GUEDES-NOVA
Município de Jaguariúna, SP
Variante Guanabara-Guedes - km 40,4   SP-1558
Altitude: 573 m   Inauguração: 15.12.1945
Uso atual: centro cultural (2013)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1945
 
 
HISTORICO DA LINHA: A variante Guanabara-Guedes foi entregue pela Mogiana entre 1926 e 1945, e alterou primeiro o trecho do tronco original até Desembargador Furtado (1926). Mais tarde, chegou até Carlos Gomes (1929), e finalmente a Guedes (1945). Apenas a estação de Guanabara permaneceu onde estava, reformada. As outras tiveram versões novas. Em 1977, a variante, que se tornou o tronco novo da Mogiana naquele trecho, foi desativada pela já operante Fepasa. Na mesma época, parte do trecho (Anhumas-Jaguariúna) foi entregue à linha turística da ABPF, tornando-se a V. F. Campinas-Jaguariúna. Em 1984, o trecho foi reduzido até sobre o rio Jaguary, com a desativação da estação de Jaguariúna.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Guedes-nova, inaugurada em 1945, substituiu a antiga, na época da retificação do traçado depois de Jaguariúna. A estação foi construída nos anos 1940 e há uma nota curiosa publicada no jornal Folha da Manhã, de São Paulo, sobre o seu local: "Os agricultores e sitiantes residentes nas proximidades da estação de Guedes, em memorial que endereçaram à diretoria da Cia. Mogiana, mostraram os inconvenientes da mudança da estação para outro ponto, em consequencia da retificação do traçado da linha da referida estrada, serviço esse que está sendo feito. Nesse memoria, os seus signatários fazem sentir que o local escolhido para a nova estação, além de ficar afastado das suas propriedades e em situação menos accesivel aos lavradores, as terras circunjacentes ficam alagadiças por ocasião das chuvas. Para evitar esses inconvenientes, a firma Machado e Santiago, proprietária da Fazenda da Barra, pôz à disposição da referida companhia, sem onus algum, mediante doação a título gratuito, o terreno de sua propriedade que ele achar conveniente, destinado à nova estação de Guedes". Teria a Mogiana aceitado a troca e mudado a posição da então futura estação nova? Ou não? O fato é que a estação ficou pronta e foi entregue em 1945. Quase trinta anos depois, Guedes-nova foi uma das poucas estações da velha

ACIMA: Esquema do pátio de Guedes em novembro de 1968 (Clique sobre a figura para ter maiores informações) (Acervo Museu da Companhia Paulista, Jundiaí, SP - Reprodução Caio Bourg). ABAIXO: Estação de Guedes, em 14/10/1969, vista das automotrizes ou Budd-RDCs (Foto Cid Beraldo).
Mogiana que permaneceu no leito da linha, quando do novo traçado da variante de 1973. Os trilhos, vindo de Boa Vista, alcançaram esta estação, passando por fora de Campinas e Jaguariúna, através de Paulínia. No entanto, hoje o prédio está em mau estado, e quando da colocação da nova linha, a plataforma e sua cobertura foram demolidas. Os trilhos praticamente encostam no prédio.
ACIMA: Atrás da estação restaurada, o comboio petroleiro passa (Foto Vanderlay Zago, junho de 2012).
Depois de servir como moradia e depois ser abandonada por anos, o prédio foi reformado e no início de 2012 tornou-se centro cultural do bairro. (Veja também GUEDES)
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Douglas Razaboni; Carlos R. Almeida; Cid Beraldo; Nilson Rodrigues; Dirceu Baldo; Christian ___; Caio Bourg; Museu da Cia. Paulista, Jundiaí; Correio do Povo, 2012; Cia. Mogiana: relatórios oficiais, 1930-69; Gazeta Regional, suplemento, 2004; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação em 1951 recebendo os festeiros da Cavalaria Antoniana. Bons tempos. Foto do jornal Gazeta Regional, suplemento de 50 anos do município de Jaguariúna, 09/2004

A estação ainda em atividade. Foto sem data, provavelmente anos 1970. Foto cedida por Nilson Rodrigues

A estação, vista do trem, em 1982. Foto Dirceu Baldo

A estação em 14/2/1996. Foto Carlos R. Almeida

Guedes-nova, vista pelo lado da plataforma, em 26/06/1998. Foto Ralph M. Giesbrecht

Foto da estação de Guedes-nova, em 26/06/1998. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação em 2004. Foto Christian, de Jaguariúna, em 2004

A estação em 1/2011. Foto Douglas Razaboni

A estação restaurada em 1/2012. Foto Douglas Razaboni
     
Atualização: 08.03.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.