A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Platina
Eng. Guimarães Carneiro
Jacarezinho
...
 
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1928-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
GUIMARÃES CARNEIRO
Município de Santo Antonio da Platina, PR
Ramal do Paranapanema - km 174,939 (1935)   PR-0767
  Inauguração: 07.09.1928
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do Paranapanema, construída para evitar o "perigo paulista", ou seja, a exportação de mercadorias do Norte Velho do Paraná via E. F. Sorocabana pelo porto de Santos, teve o primeiro trecho inaugurado em 1915, ligando Jaguariaíva, na Itararé-Uruguai, a São José, atual Calógeras. Seu prolongamento acabou se arrastando até 1937, quando alcançou a já existente E. F. São Paulo-Paraná e por ela alcançou por tráfego mútuo a cidade de Ourinhos, em São Paulo. Depois da abertura da linha Apucaranas-Uvaranas, em 1975, o ramal entrou em decadência por ter uma linha obsoleta e cheia de curvas. O último trem de passageiros (Trem do Norte, mais tarde "Trem da Miséria", rodou em junho de 1979. Em 2001, o tráfego de cargueiros foi suspenso pela ALL e hoje apenas esporádicos autos de linha passam pela linha, praticamente abandonada em toda a sua extensão.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Guimarães Carneiro, originalmente Engenheiro Guimarães Carneiro, já foi demolida. Foi ponta de linha desde sua inauguração, em 1928, até o final de 1930, quando foi

ACIMA: Na estação de Guimarães Carneiro, anos 1930, o trem de passageiros com 4 carros de madeira roda no meio à mata. ABAIXO: Mesma época, a foto mostra o Desvio Infante Vieira, localizado no km 173,677 - portanto, cerca de 1,5 km antes da estação de Guimarães Carneiro. O desvio levava para uma fazenda cafeeira (Fotos possivelmente de autoria de Arthur Wischral, anos 1930 - acervo Flavio Cavalcanti).
aberto o trecho seguinte até Jacarezinho. Já o desvio mostrado na foto acima é aqui explicado por Percy Infante Hatschbach, em 8/12/2008: "O Desvio Infante Vieira leva o nome de meu avô, José Infante Vieira que em 1910 transferiu-se de São do Carlos, SP, para a Jacarezinho. Na ocasião adquiriu uma extensa gleba de terra juntamente com seu irmão Pedro Infante Vieira, constituindo a firma Infante Vieira & Irmão, destinada à cafeicultura em uma propriedade denominada Fazenda São José. E foi justamente esta atividade e os problemas de transporte que fizeram com que meu avô solicitasse, junto à então E. F. São Paulo-Rio Grande, a construção de um desvio para seus armazens de café que ficavam ao lado da ferrovia. Nasci em 1939 na Fazenda Recanto, situada a 3 Km da estação de Guimarães Carneiro, e sou médico veterinário formado pela Faculdade de Medicina Veterinária da UFPR, em Curitiba, 1962". Em 2008, em frente a uma enorme sede de fazenda (ou agroindústria) fechada e abandonada, está a caixa-dágua da estação e o que restou da plataforma, coberta pelo mato.
     

A estação em festa, em 1934. Foto Arthur Wischral, acervo Nilson Rodrigues

Plataforma de Guimarães Carneiro. Foto Douglas Razzaboni em 01/2003

Caixa d'água ao lado das ruínas de Guimarães Carneiro. Foto Douglas Razzaboni em 01/2003
     
     
Atualização: 08.12.2008
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.