A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Estações de Minas Gerais
...
RMV-Cruzeiro-Juréia
...
Parada Ramon
Soledade de Minas
Raul Chaves
...
Saída para a Linha do Sapucaí: Carmo de Minas
...
Saída para a Linha da Barra: Caxambu
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2003
...

 
E. F. Minas e Rio (1884-1910)
Rede Sul-Mineira (1910-1931)
Rede Mineira de Viação (1931-1965)
V. F. Centro-Oeste (1965-1975)
RFFSA (1975-1996)
ABPF (2000-)
SOLEDADE DE MINAS
(antiga IBATUBA e SOLEDADE)
Município de Soledade de Minas, MG
Linha Cruzeiro-Juréia - km 89,394   MG-1329
Altitude: 865 m   Inauguração: 14.06.1884
Uso atual: estação da ABPF (2015)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Cruzeiro-Tuiuti (depois Juréia) era originalmente parte da E.F. Muzambinho, que iniciou as atividades em 1887, entre Três Corações e Muzambinho, e parte da E. F. Minas e Rio, que operava o trecho Cruzeiro-Três Corações desde 1884, e que em 1908 incorporou a Muzambinho. Em 1910, esta foi uma das formadoras da Rede Sul-Mineira, que por sua vez formou a Rede Mineira de Viação, em 1931. Em 1964 esta formou a Viação Férrea Centro Oeste e foi finalmente transformada em divisão da Refesa em 1971. Na linha que unia a estação de Cruzeiro, no ramal de São Paulo da EFCB, a Juréia, terminal do ramal de Juréia, da Mogiana, o trecho final entre esta estação e Varginha já não tem mais seus trilhos. Os trens de passageiros foram suprimidos em 1966 entre Varginha e Juréia e em 1983 entre Cruzeiro e Três Corações. De 1997 ao fim de 2001, operaram trens turísticos da ABPF a vapor entre Cruzeiro e Passa-Quatro e hoje esses trens trafegam entre o túnel (Estação Cel. Fulgencio) e Soledade de Minas. Cargueiros da FCA utilizaram a linha Três Corações-Varginha até cerca de 2010.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Soledade, que nos anos 1940 teve o nome alterado para Ibatuba e pouco tempo depois recuperou o nome adicionando o "de Minas", foi inaugurada em 1884, com a linha original da Minas and Rio.

Ali foi um cruzamento de trilhos em quatro direções: Juréia e Lavras para o norte, Cruzeiro para o Sul, Sapucahy para Oeste e Bom Jardim de Minas (Linha da Barra) para Leste.

Da estação seguinte, Freitas, saía o ramal para São Gonçalo do Sapucaí.

Nos "bons tempos", o trem vindo de Cruzeiro chegava em Soledade e era desmembrado, com alguns carros engatando em outra locomotiva e seguindo para Barra do Piraí, enquanto outros seguiam para Itajubá, Pouso Alegre até o entroncamento com a Mogiana em Sapucaí e o restante seguia para Três Corações, onde havia a baldeação para o trem que iria para Belo Horizonte. Segundo Hugo Caramuru, "havia momentos em que os três trens paravam simultaneamente, provocando correrias e atropelos entre os passageiros".

Os trens de passageiros foram extintos em 1983, a estação foi abandonada, mas, desde 2000, voltaram a existir, através do trem turístico a vapor operado pela ABPF e que segue até São Lourenço.

A estação foi finalmente restaurada totalmente pela ABPF no início de 2015.


ACIMA: Em 19 de janeiro de 1942, o trem com a locomotiva 153 da RMV vai chegando à estação de Soledade, enauqnto outras composições esperam no pátio na outra linha (Acervo Renato Rodriguez Cabral Ramos). ABAIXO: Soledade de Minas em 1983 (foto Cassio Paulo Fernandes).


ACIMA e ABAIXO: Ponte sobre o rio Sapucaí em dois tempos: por volta dos anos 1940 e em 1993, quando já não havia tráfego ferroviário. O trem que passava por ele era o da linha do Sapucaí, hoje não passa nenhum (Autor desconhecido e fotografia colorida de Carlos Roberto de Almeida).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Cassio Paulo Fernandes; Adriano Martins; Carlos Roberto de Almeida; Marco Giffoni; Hugo Caramuru; Jorge Alves Ferreira Jr.; Acervo Renato Rodriguez Cabral Ramos; Informativo Ferroviário nro. 31; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960)
     

Estação de Soledade, provavelmente anos 1910. Autor desconhecido

A estação, o pátio e a cidade, em 1935. Foto cedida por Marco Giffoni

A estação, provavelmente anos 1950. Foto do artigo de Hugo Caramuru, no "Informativo Ferroviário" no. 31

A estação abandonada, entre a desativação e a ABPF, em 1992. Foto Carlos Roberto de Almeida

A estação, em 2001. Foto Jorge Alves
Ferreira Jr.

A estação, em 2001. Foto Jorge Alves
Ferreira Jr.

A estação, em 17/05/2003. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação de Soledade de Minas em 06/2010. Foto Adriano Martins

A estação restaurada pela ABPF, pronta em fevereiro de 2015. Foto ABPF/PF
     
Atualização: 26.07.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.