A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Tiaraju
São Gabriel
Santa Brígida
...

Mapa da linha - 1940
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...

 
E. F. Porto Alegre-Uruguaiana (1896-1898)
Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil (1898-1920)
V. F. Rio Grande do Sul (1920-1975)
RFFSA (1975-1996)
SÃO GABRIEL
Município de São Gabriel, RS
Linha Cacequi-Maritima - km 705,366 (1960)   RS-0648
Altitude: 108 m   Inauguração: 1896
Uso atual: museu da F.E.B.   com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1896?
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha foi construída em partes: pela Southern Brazilian Rio Grande do Sul Railway Company Limited, sucessora de uma série de concessões anteriores, a Bagé-Marítima, em 1884. De Cacequi a São Gabriel, em meados de 1896 e de São Sebastião a Bagé, no final do mesmo ano, ambos pela pela E. F. Porto Alegre-Uruguaiana. Em 1900, a união São Sebastião-São Gabriel completaria o trecho Bagé-Rio Grande. Era uma linha de grande utilidade pois transportava gado e charque para o porto do Rio Grande, apesar de, no final do século 19, ter baixo movimento por causa dos altos preços do frete, dos maus serviços e da interrupção do serviço dos trens pela Revolução Federalista. Os trens de passageiros partiam de Livramento, em outra linha, chegavam a Cacequi e dali até Bagé. Em Bagé, havia que se trocar de trem para chegar a Rio Grande. Uma série de variantes foi entregue entre 1968 e os anos 1980 - Pedras Altas, Três Estradas, Pedro Osório, Pelotas - que encurtaram e melhoraram seu traçado, eliminando diversas das estações originais. Até 1982 as linhas ainda transportavam passageiros, quando o serviço foi interrompido devido ao desabamento de uma ponte em Pedro Osorio; uma nova linha foi construída logo depois. O transporte de passageiros retornou algum tempo depois mas com trens mistos, que duraram até meados dos anos 1990.
 
A ESTAÇÃO: A estação de São Gabriel foi inaugurada em 1896 como estação terminal provisória da linha que vinha de Cacequi. Encampada pela Cie. Auxiliaire em 1898, esta mesma empresa conseguiu finalmente fazer a linha no trecho São Gabriel-São Sebastião, que unia finalmente Cacequi ao porto do Rio Grande, no ano de 1900. O IPHAE considera como data de inauguração da estação o ano de 1900 e cita ainda o ano de 1906 como outra data, segundo o autor Borges Fortes. A estação, desativada desde o fim dos trens de passageiros na linha, por volta de 1982, serve hoje como museu da Força Expedicionária Brasileira gaúcha. Nos anos 1970, a RFFSA construiu uma variante e construiu a estação de São Gabriel-nova nessa linha, desativando a antiga. O IPHAE considera a data de desativação da velha estação como tendo sido em 1978. Há que se lembrar, entretanto, que trens mistos continuaram rodando pela linha até 1995, e aí já pela estação nova. A estação continua ligada até hoje com a variante e a

ACIMA: Acidente próximo à estação de São Gabriel - sem data (Autor desconhecido).
estação nova por um ramal provavelmente remanescente da linha original. "Quando estive na estação antiga de São Gabriel, em 1996, ainda existiam os trilhos. Na época me informaram que na safra do arroz o trem ainda ia até lá para carregar. Em volta existem engenhos de arroz. Os prédios da estação e do armazém não eram utilizados com fins ferroviários. O prédio da estação abriga um mini museu da FEB e o que foi o armazem era utilizado por uma cooperativa. Quanto à localização, a estação antiga fica praticamente no centro de São Gabriel enquanto a nova fica fora da área urbana, a mais ou menos uns 2 km de distância. Embora eu pouco conheça São Gabriel, me pareceu que esta variante que tirou os trilhos do centro da cidade fica paralela a linha antiga (pelo lado da plataforma da estação antiga). Os trens chegam na estação antiga por um pedaço da linha que ficou como um ramal. Foi uma pena que eu não tenha acompanhado os trilhos antigos para ver em que ponto encontram a linha nova" (Alfredo Rodrigues, 09/2005). (Veja também SÃO GABRIEL-NOVA)
(Fontes: Rodrigo Cabredo; Alfredo Rodrigues; J. R. Souza Dias: Caminhos de Ferro do Rio Grande do Sul, 1987; IPHAE: Patrimônio Ferroviário do Rio Grande do Sul, 2002; IBGE: Enciclopédia de Municípios Brasileiros, vol. XXXIV, 1959; Carlos Cornejo e Eduardo Gerodetti: Lembranças do Brasil - As Ferrovias nos Cartões Postais e Álbuns de Lembranças, 2005; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1940-81; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de São Gabriel, c. 1910. Foto do livro de Carlos Cornejo e Eduardo Gerodetti, Lembranças do Brasil - As Ferrovias nos Cartões Postais e Álbuns de Lembranças

Vista aérea do pátio da estação de São Gabriel, em 1957. Foto da Enciclopédia de Municípios Brasileiros, IBGE, vol. XXXIV, 1959

A estação já com sinais de falta de manutenção. Foto sem data. Autor desconhecido

A estação em 1996. Foto Alfredo Rodrigues

A estação em 1996. Foto Alfredo Rodrigues

A estação de São Gabriel, em 2002. Foto Rodrigo Cabredo

A estação de São Gabriel, em 2002. Foto Rodrigo Cabredo
   
     
Atualização: 06.10.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.