A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Orlândia
São Joaquim da Barra
Pioneiros
...

ramal de Igarapava-1935

IBGE-1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2000
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1901-1971)
FEPASA (1971-1979)
SÃO JOAQUIM DA BARRA
Município de São Joaquim da Barra, SP
Ramal de Igarapava - km 75,482   SP-0713
Altitude: 619 m   Inauguração: 15.03.1902
Uso atual: "estação do saber" (2016)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1902
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Igarapava foi aberto em seu primeiro trecho, em 1899, até Jardinópolis, a partir do local em que seria construída a estação de Entroncamento, um ano depois. Em 1905, chegou a Igarapava, então ainda Santa Rita do Paraizo. Em 1914, atingiria a linha do Catalão, já em Minas Gerais, pouco antes de Uberaba. O ramal atravessava as melhore terras de café do norte do Estado. Em fevereiro de 1979 foi fechado para cargas, e em 10/05/1979 para os trens de passageiros, e substituído pela variante Entroncamento-Amoroso Costa, que correria mais a oeste da linha velha e se tornaria então a continuação do tronco retificado da ex-Mogiana. Os trilhos foram retirados por volta de 1986, sobrando apenas as velhas estações, abandonadas ou com outras funções.
 

A ESTAÇÃO: Foi aberta em 1902 como São Joaquim. A estação foi ampliada em 1909. Em 1945, o CNG determinou a mudança de nome para o atual. Era uma estação com enorme movimento. Em 1955, havia 20 mil sacas de cereais armazenados, aproveitando todo o espaço disponível. No vestíbulo, pilhas de café beneficiado e só um corredor para movimentação dos passageiros. Até na sala de espera havia cereais (Américo Villani, chefe da estação em 1955). As queixas contra a estação, agora já no centro da cidade, au-mentavam. Em julho de 1962, Guy Antonio Leonti, da Folha Joaqui-nense, conta que "O comboio chegou na estação procedente de Orlândia. A grande fila de vagões chega a fazer curva lá em cima. Com isso as ruas 15 de Novembro, Paraná e Bahia estão impedi-das. Todas elas têm passagem de nível fechadas pelo trem. E a cidade fica dividida em duas. (...) pedestres não se dão por venci-dos (...) saltando ou passando sob os vagões. Enquanto isso, os trabalhadores descarregam mercadorias do trem na estação." A estação foi finalmente desativada em 1979 e substituída por uma
outra, nova, do lado oeste da cidade. Os trilhos foram retirados poucos anos depois, e, em 1985, a imprensa denunciava o "estado deplorável em que se encontrava a estação da Mogiana. No fundo as casas desativadas, antigas moradias de funcionários da Compa-nhia". O pátio dos trilhos ainda estava abandonado, não havia
avenida. O leito da linha, que passava dentro da cidade, foi mais tarde transformado numa avenida larga, e a estação transformou-se em rodoviária. A estação hoje serve como terminal rodoviário de ônibus urbanos. (Veja também SÃO JOAQUIM DA BARRA-NOVA) CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A ESTAÇÃO VISTA DO SATELITE (gentileza Francisco Rezende)

ACIMA: Desastre em São Joaquim da Barra em 1948 - pena que a foto é péssima (Folha de S. Paulo, 7/12/1948). ABAIXO: Antiga casa de turma no pátio de São Joaquim da Barra (Foto Glaucio Henrique Chaves em 28/12/2015).

ACIMA: Estação de São Joaquim nos anos 1920 (Acervo Lúcio Oliveira Falleiros). ABAIXO: Esquema do pátio de São Joaquim da Barra em novembro de 1968 (Clique sobre a figura para ter maiores informações) (Acervo Museu da Companhia Paulista, Jundiaí, SP - Reprodução Caio Bourg).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Glaucio H. Chaves; Caio Bourg; Museu da Cia. Paulista, Jundiaí; Cia. Mogiana: relatórios anuais, 1875-1969; Lúcio Oliveira Falleiros: Memórias de São Joaquim - II, 1995; IBGE, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)

     

A estação primitiva (depois ampliada). Data presumida 1902. Publicada no Álbum da Mogiana em 1910

A estação abandonada em 1985. Foto do livro Memórias de São Joaquim-II, de Lucio Falleiros

A velha estação em 29/12/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

A velha estação em 29/12/1999. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação em 28/12/2015. Foto Glaucio H. Chavez
 
     
Atualização: 20.03.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.