A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Campinas
Boa Vista
Hortolândia
...
(1972-2002)
Saída para a variante Boa
Vista-Guedes
:
Boa Vista-nova
...
(1977-2002)
Saída para a variante Boa
Vista-Guaianã
:
Viracopos
...

Tronco CP-1935
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2004
...
 
Cia. Paulista de Estradas de Ferro (1875-1971)
FEPASA (1971-1998)
BOA VISTA
Município de Campinas, SP
Linha-tronco - km 53,009 (1958)   SP-1000
Altitude: 637,653 m   Inauguração: 21.12.1875
Uso atual: abandonada (2016)   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha-tronco da Cia. Paulista foi aberta com seu primeiro trecho, Jundiaí-Campinas, em 1872. A partir daí, foi prolongada até Rio Claro, em 1876, e depois continuou com a aquisição da E. F. Rio-Clarense, em 1892. Prosseguiu por sua linha, depois de expandi-la para bitola larga, até São Carlos (1922) e Rincão (1928). Com a compra da seção leste da São Paulo-Goiaz (1927), expandiu a bitola larga por suas linhas, atravessando o rio Mogi-Guaçu até Passagem, e cruzando-o de volta até Bebedouro (1929), chegando finalmente a Colômbia, no rio Grande (1930), onde estacionou. Em 1971, a FEPASA passou a controlar a linha. Trens de passageiros trafegaram pela linha até março de 2001, nos últimos anos apenas no trecho Campinas-Araraquara.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Boa Vista foi inaugurada em 1875. A partir de 1972, já operando pela Fepasa, passou a ser o ponto de partida para a variante Boa Vista-Guedes, que passava pela refinaria de Paulínia. Também dali passou a sair, alguns anos depois, a linha que uniria essa estação a Mairinque, na antiga Sorocabana. Em 1996, mesmo em mau estado de conservação, mantinha funcionários que cuidavam das manobras dos trens da Fepasa que faziam suas manobras para ir para Mairinque, Rio Claro ou Paulínia. Em 2000, a estação já estava abandonada e hoje (2001) está depredada. As suas operações passaram toda para a estação de Boa Vista-nova, na variante Boa Vista-Guedes. Em 2011 a estação estava pintada de marron na lateral e totalmente depredada por dentro, tendo desaparecido os pisos de madeira; o andar de baixo, acessível pelo outro lado da estação, estava aparente.

ACIMA: Em 1975, já estava estabelecida a ligação de Boa Vista com a variante Boa Vista-Guedes. Notar a linha em bitola mista e a saída para a variante, à esquerda. A estação está à esquerda, o armazém do pátio, à direita. juntamente com um carro de madeira da velha CP. A foto foi tirada no sentido Campinas (Foto José R. Pascon, novembro de 1975). ABAIXO: O trem passa próximo da estação de Boa Vista, entre ela e Campinas (Foto Vagner Costa, 12/2009).


ACIMA: A locomotiva GE-Vandeca passa por Boa Vista na sua primeira apresentação em 1968 (Reprodução Marcos Museneck, acervo Rafael Correa). ABAIXO: Pátio da estação nos anos 1990 (Foto Vanderley Zago).
CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A ESTAÇÃO VISTA DO SATELITE (gentileza Adalberto)
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Vanderley Zago; Marcos Museneck; Rafael Correa; Vagner Costa; José Roberto Pascon; Marcos Zeituni; João Gabriel; Filemon Peres; Cia. Paulista: relatórios oficiais, 1874-1969; Mapas - acervo R. M. Giesbrecht)
     

Estação original de Boa Vista, c. 1905. Foto Filemon Peres

A estação, em 1918. Foto Filemon Peres

A estação nos anos 1990. Foto Vanderley Zago

Em 9/7/1996, a estação, ainda aberta mas muito mal mantida. Foto Ralph M. Giesbrecht

Em 9/7/1996, a estação, ainda aberta mas muito mal mantida. Foto Ralph M. Giesbrecht

Em 9/7/1996, a estação, ainda aberta mas muito mal mantida. Foto Ralph M. Giesbrecht

A estação abandonada em 31/05/2002. Foto Marcos Zeituni

A estação abandonada em 31/05/2002. Foto Marcos Zeituni

A estação em 12/2009. O trem está chegando de Boa Vista-nova e entrando na linha para Hortolândia. Foto Vagner Costa

A estação em dezembro de 2010. Foto João Gabriel
   
     
Atualização: 19.03.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.