A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Engenheiro Nóbrega
Vassouras
Barão de Vassouras
...

...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 1998
...
 
E. F. Central do Brasil (1914-1964)
E. F. Leopoldina (1964-1970)
VASSOURAS
Município de Vassouras, RJ
Ramal de Jacutinga - km 148,418 (1928)   RJ-0299
Altitude: 416 m   Inauguração: 30.05.1914
Uso atual: centro de pesquisas (2016)   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1914
 
 
HISTORICO DA LINHA: O Ramal de Jacutinga teve a sua origem na Cia. E. F. União Valenciana, aberta em 1871 e que ligava Valença a Desengano (Juparanã). Em 1880, foi prolongada até Rio Preto. Somente em 1910, com a criação da Rede Viação Fluminense, da Linha Auxiliar encampada pela EFCB, foi que se abriu um ramal unindo Governador Portella a Barão de Vassouras e daí se fez a bitola mista, pela linha do Centro, até Desengano, unindo-se Portella a Rio Preto, ao mesmo tempo em que se prolongava a linha até Santa Rita do Jacutinga, na Rede Sul-Mineira, onde a ela se ligou em 1918. Para que tudo isso se concretizasse foi necessário também a redução de bitola da antiga Valenciana de 1m10 para métrica. Em 1963, o trecho entre Portella e Barão de Vassouras foi entregue à Leopoldina, enquanto o trecho restante continuou com a Central. Mas de 1971 a 1973 os dois trechos foram extintos e os trilhos retirados.
 
A ESTAÇÃO: Antes de 1914, já existia no centro da cidade a estação da Ferro Carril Vassourense, que ligava a cidade à atual estação de Barão de Vassouras, na linha do Centro da EFCB. Eram dois prédios unidos por uma cobertura central de ferro e muito bonita - ver foto ao pé da página.

Em 1904, o texto da revista O Malho mostra como se chegava a Vassouras: "Vassouras está a 3 horas desta capital (Rio de Janeiro), e da estação da estrada de Ferro Central (a Barão de Vassouras de hoje) vai-se à cidade em 30 minutos em bondes confortáveis. O clima é bom (...) a cidade bem calçada, tem um passeio publico, 2 clubs (...)" (O Malho, 20/6/1904).

Dez anos depois disso, Vassouras ganhava uma linha férrea por trem da Central do Brasil e também sua estação de com uma das mais belas arquiteturas do País. Inaugurada em 1914, por algum tempo teve o nome de Cidade de Vassouras, pois estava no centro da cidade e havia a estação com esse nome, fora da cidade, na Linha do Centro da EFCB.

Por volta de 1964, o ramal foi partido em dois e Vassouras passou a ser estação terminal do trecho atendido agora pela Leopoldina, vindo de Governador Portela. Foi desativada a ligação com Barão de Vassouras e o resto do ramal para Jacutinga.

A estação foi fechada em 1970, com a supressão desse trecho do ramal. Há informações que o último trem de passageiros deixou a estação em 30/11/1970.

Em 2016 abrigava departamentos administrativos da Fundação Educacional Severino Sombra.


ACIMA: A estação de Vassouras no dia de sua inauguração e também da linha do ramal de Jacutinga - CLIQUE SOBRE A FOTO PARA VER A REPORTAGEM DA INAUGURAÇÃO DO RAMAL (Illustração Brasileira, 1/6/1914). ABAIXO: Estação de Vassouras e os carros esperando na passagem de nível ao lado da estação, enquanto a locomotiva a vapor começa a passar. Belíssima foto, certamente tirada no "fim dos tempos" do trem em Vassouras (por volta de 1970) (Autor desconhecido - acervo Marco A. Silvestre de Souza).

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros do ramal de Jacutinga pararam nesta estação de 1914 a 1970. Na foto à esquerda, automotriz que fazia parte do percurso, principalmente na região de Vassouras. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre os trens de passageiros do ramal e os horários em janeiro de 1964 (Guias Levi). (Guias Levi).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Fernando Marietan; Marco A. Silvestre de Souza; Jorge Alves Ferreira; Wanderley Duck; Daniel Gentili; Illustração Brasileira, 1914; Max Vasconcellos: Vias Brasileiras de Communicação, 1928; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação de Vassouras da F. C. Vassourense, no início do século XX. Acervo Jorge Alves Ferreira

A estação nos anos 1960. Foto de cartão postal, cessão Wanderley Duck

A estação em 2001. Foto Jorge Alves Ferreira

A estação em 2001. Foto Jorge Alves Ferreira

A estação em 2001. Foto Jorge Alves Ferreira

Antiga plataforma da estação em 12/2007. Foto Jorge Alves Ferreira

A estação em 12/2007. Foto Jorge Alves Ferreira

A ex-estação em 2015. Foto Fernando Marietan
 
     
Atualização: 23.02.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.