A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Goiana
Ferreira Lage
Água Limpa
...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: S/D
...
 
Cia. E. F. Juiz de Fora ao Piau (1884-1888)
E. F. Leopoldina (1888-1974)
FERREIRA LAGE (antiga SANT'ANNA)
Município de Juiz de Fora, MG
Ramal de Juiz de Fora - km 262,374 (1960)   MG-1834
    Inauguração: 1888
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolida)
 
 
HISTORICO DA LINHA: O ramal de Juiz de Fora teve sua origem em duas ferrovias: a Cia. E. F. Ramal do Rio Novo, constituída em 1882 e arrendada no ano seguinte à Cia. União Mineira, que inaugurou o trecho entre Furtado de Campos, no então ramal de Serraria (Serraria-Guarani, da União Mineira) e a cidade de Rio Novo. Enquanto isto, em Juiz de Fora, constituiu-se em 1881 a Companhia Estrada de Ferro Juiz de Fora a Piau, que em 1884 entregou esse trecho, e, em 1888, o uniu a Rio Novo. Dois meses antes, em agosto, a ferrovia já tinha sido vendida à Leopoldina, que também estava de posse da União Mineira, unindo então o ramal de Rio Novo ao ramal de Piau, formando o ramal de Juiz de Fora. Nesta cidade, o novo ramal se entroncava com a Linha do Centro da E. F. Central do Brasil. A partir de 1896, no entanto, houve uma série de disputas judiciais no antigo ramal do Piau, finalmente só resolvidas em 1913 em favor da Leopoldina. O ramal de Juiz de Fora foi finalmente suprimido pela RFFSA em 8/9/1974. Segundo Hugo Caramuru, o último trem de passageiros no ramal saiu em 31/01/1972, dois anos e meio antes da supressão.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Sant'Anna foi inaugurada em 1884 pela Cia. E. F. Juiz de Fora ao Piau, passando em 1888 para o controle da E. F. Leopoldina. No mesmo ano, passou a fazer parte do ramal de Juiz de Fora. Esta era a estação final da linha quando de seu projeto, no km 44 a partir de Juiz de Fora. Devia ficar no Piau. Parece ter existido uma estação com este nome, mas o fato é que não se a localizou em guias ou históricos. Porém, há carimbos filatélicos com uma estação com este nome, nessa ferrovia. Mais tarde passou a se chamar Ferreira Lage. A estação foi fechada com o ramal, em 1974. Foi demolida. Ainda sobrou por ali a escadaria, feita em pedra, do antigo armazém. O piso da estação demolida está de baixo de muito mato.

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1884 a 1972. Ao lado, um destes trens chega à estação de Rio Novo, em 1961. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 02/1963 (Guias Levi).
(Fontes: Ricardo Quinteiro de Mattos; Manoel Marcos Monachesi; Albino Esteves: Álbum de Juiz de Fora, 1915; Edmundo Siqueira: Resumo Histórico da Leopoldina Railway, 1938; Cyro Diocleciano Ribeiro Pessoa Jr.: Estudo Descriptivo das Estradas de Ferro do Brasil, 1886; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Guias Levi, 1932-80)
     

Estação de Ferreira Lage, à direita, em 1915. Foto do Álbum de Juiz de Fora de Albino Esteves, 1915. Reeditado pela FUNALFA em 1989. Foto cedida por Manoel Marcos Monachesi.
   
     
     
Atualização: 23.12.2012
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.