A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Coutinho
Morro Grande
Cachoeiro do Itapemirim
...
até c. 1910:
Coutinho
Morro Grande
Cachoeiro-Caravelas
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2008
...
 
E. F. Leopoldina (n/d-1975)
RFFSA (1975-1996)
FCA (1996-2007)
MORRO GRANDE
Município de Cachoeiro do Itapemirim, ES
Ramal Sul do Espírito Santo - km 486,843 (1960)   ES-0561
    Inauguração: n/d
Uso atual: estação e depósito da FCA   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O Ramal Sul do Espírito Santo, assim denominado pela Leopoldina teve sua origem na E. F. Sul do Espírito Santo, que tinha uma linha construída na região de Vitória e pertencia ao Governo do Estado do Espírito Santo, e na E. F. Caravelas, ambas adquiridas pela Leopoldina em 1908. A Caravelas partia de Vitória para Castelo, de um lado, e para Rive, do outro, bifurcando na estação de Matosinhos (Coutinho). Estes trechos estavam prontos desde 1887. Para chegar a Minas Gerais, na linha do Manhuaçu, como rezava o contrato, a Leopoldina levou cinco anos, abrindo o trecho Rive-Alegre em 1912 e até Espera Feliz, ponto final, em 1913. No final dos anos 60, o trecho Cachoeiro-Guaçuí foi suspenso para passageiros e finalmente erradicado em 26/10/1972. O outro trecho, Espera Feliz-Guaçuí, transportou passageiros até a sua erradicação, em 05/11/1971. Sobram ainda trilhos desde Cachoeiro até próximo à estação de Coutinho, para transportar mármore e granito das diversas serrarias dessas pedras que existem na região.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Morro Grande era a primeira a partir de Cachoeiro do Itapemirim, no ramal Sul do Espírito Santo. Apesar da erradicação do ramal no começo dos anos 1970, os trilhos foram mantidos entre Cachoeiro e próximo à estação de Coutinho, para o transporte de mármore e granito das diversas serrarias dessa pedras que existem ao longo dos trilhos. Em 2005, o trecho inicial do ramal ainda está operante. Aliás, a estação de Morro Grande hoje tem uma importância muito maior do que no passado; foi incorporada em 1995 à variante que fez a ferrovia passar por fora da cidade de Cachoeiro do Itapemirim e é hoje o seu pátio principal ferroviário, mantendo o seu nome original. A estação foi desativada em 2007, não serve mais à FCA.

ACIMA: A sequência de mapas mostra, à esquerda, a posição das ferrovias antigas que cortavam Cachoeiro; ao centro, as mesmas ferrovias e a variante de 1995; por fim, à direita, a variante de 1995, que foi rudo o que sobrou (Plotagem dos esquemas: Gladstone Rubim, 2006). ABAIXO: A estação de Morro Grande (Autor e data desconhecidos).

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Gladstone Rubim; Marcos A. Farias; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960).
     

A estação de Morro Grande, provavelmente anos 1950. Autor desconhecido

A estação de Morro Grande ainda está de pé em 2003, e com trilhos. Foto Gladstone Rubim

Entrada do pátio de Morro Grande em 04/12/2005. Foto Marcos A. Farias

Estação de Morro Grande com locomotiva da FCA em 04/12/2005. Foto Marcos A. Farias
 
     
Atualização: 11.02.2013
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.