A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Santa Maria
Santo Eduardo
Ponte de Itabapoana
...

...
ESTIVE NO LOCAL: NÃO
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: N/D
...
 
E. F. Leopoldina (1879-1975)
RFFSA (1975-1996)
SANTO EDUARDO
Município de Campos, RJ
Linha do Litoral - km 386,808 (1960)   RJ-0034
Altitude: 60 m   Inauguração: 13.06.1879
Uso atual: n/d   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: O que mais tarde foi chamada "linha do litoral" foi construída por diversas companhias, em épocas diferentes, empresas que acabaram sendo incorporadas pela Leopoldina até a primeira década do século XX. O primeiro trecho, Niterói-Rio Bonito, foi entregue entre 1874 e 1880 pela Cia. Ferro-Carril Niteroiense, constituída em 1871, e depois absorvida pela Cia. E. F. Macaé a Campos. Em 1887, a Leopoldina comprou o trecho. A Macaé-Campos, por sua vez, havia constrtuído e entregue o trecho de Macaé a Campos entre 1874 e 1875. O trecho seguinte, Campos-Cachoeiro do Itapemirim,foi construído pela E. F. Carangola em 1877 e 1878; em 1890 essa empresa foi comprada pela E. F. Barão de Araruama, que no mesmo ano foi vendida à Leopoldina. O trecho até Vitória foi construído em parte pela E. F. Sul do Espírito Santo e vendido à Leopoldina em 1907. Em 1907, a Leopoldina construiu uma ponte sobre o rio Paraíba em Campos, unindo os dois trechos ao norte e ao sul do rio. A linha funciona até hoje para cargueiros e é operada pela FCA desde 1996. No início dos anos 80 deixaram de circular os trens de passageiros que uniam Niterói e Rio de Janeiro a Vitória.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Santo Eduardo já existia desde 1879; O historiador Pedro Teixeira cita esse ano como a de inauguração da estação, sendo que ali chegava para embarque toda a produção agrícola do vale do Itabapoana e que antes, desde 1864, chegavam ao porto fluvial da Limeira. Santo Eduardo era a ponta da linha que vinha de Campos. Com a inauguração da estação de Itabapoana (mais tarde, Ponte de Itabapoana) em 1896 (alguns dão a data de 1894) foi aberta, em 1896, a ferrovia E. F. Itabapoana, ligando inicialmente essa estação à fazenda Boa Vista (hoje cidade de Apiacá) e fazendo com que Santo Eduardo perdesse muito de seu movimento. Essa ferrovia corria toda em território capixaba, ao norte do rio do mesmo nome. "Santo Eduardo mal era um povoado. Além da estação da Estrada de Ferro Leopoldina e do indefectível Hotel da Estação, suas habitações não passavam de umas vinte casas. A dois quilômetros, na beira do rio Itabapoana, situava-se a vila de Ponte de Itabapoana, já em território do Espírito Santo, pouco maior e com melhor comércio (...)" (Luiz Serafim Derenzi, descrevendo o local da estação nos anos 20; reproduzido de http://gazetaonline.globo.com/estacaocapixaba). Da estação de Santo Eduardo ainda continuou a sair a linha da Usina Santa Maria, que, pelo menos até os anos 1980, ainda seguia operando com suas máquinas a vapor. O esquema dessa linha foi desenhado por Orlando Barbosa mostrando que ela cruzava o rio Itabapoana, e consequentemente entrava em território capixaba, depois de percorrer alguns quilômetros do lado fluminense do rio.

Linha da Usina - desenho Orlando Barbosa

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros - pararam nesta estação de 1879 a 1984. Ao lado, o noturno Rio-Vitoria, puxado pela Garrat em local desconhecido talvez anos 1930. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1960 e 1984 (Guias Levi).
     

A estação em 1915. Foto do livro As Ferrovias do Brasil, de Cornejo e Gerodetti, 2005, p.62

A estação de Santo Eduardo, em 11/1982. Foto Orlando Barbosa

A estação em 04/2004. Foto Eliezer Magliano

A estação em 04/2004. Foto Eliezer Magliano

A estação em 04/2004. Foto Eliezer Magliano

A estação em 04/2004. Foto Eliezer Magliano
     
Atualização: 17.05.2015
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.