A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Amoroso Costa
Uberaba
Léa
...

IBGE-1957
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: 2006
...
 
Cia. Mogiana de Estradas de Ferro (1889-1948)
UBERABA
Município de Uberaba, MG (Veja UBERABA E SUAS ESTAÇÕES)
Linha do Catalão - km 604,500 (1938)   MG-0763
Altitude:   Inauguração: 23.04.1889
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: 1889?
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do Catalão foi construída entre 1888 e 1889 até Uberaba, tendo chegado em 1895 a Uberabinha (Uberlândia) e 1896 a Araguari. Continuação da linha do Rio Grande a partir da estação de Jaguara, às margens do rio Grande e já em território mineiro, a idéia da Mogiana era alcançar Catalão, em Goiás (daí o nome) e dali seguir para Belém do Pará, coisa que nunca aconteceu. Na verdade, a E. F. de Goiás acabou por construir esse trecho, chegando até Goiânia e Brasília. Em 1915, o ramal de Igarapava foi prolongado para além de Igarapava de forma a alcançar a linha do Catalão um pouco antes de Uberaba, em Rodolfo Paixão. A nova linha provou ser mais econômica do que o trecho da linha do Catalão entre o rio Grande e Uberaba, trecho este que foi abandonado definitivamente em 1976, depois de ser separado da linha do Rio Grande em 1970 por causa da construção da represa de Jaguara. O trecho a partir de Uberaba foi, então, incorporado ao ramal de Igarapava e, em 1979, totalmente retificado a partir de Ribeirão Preto até Araguari. Trens de passageiros percorreram o trecho até 1979 e depois o trecho retificado até 1997, quando foram suprimidos, já pela Fepasa.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Uberaba foi aberta em 1889 pela Mogiana. Por algum tempo estava essa estação designada para ser a saída da estrada de ferro que a ligaria a Cuiabá, no Mato Grosso. Com a inauguração da E. F. Noroeste do Brasil, em 1906, a partir de Bauru, o projeto foi cancelado. Em 1948, a estação foi transferida de local, quando se construiu uma segunda estação, na linha nova, abandonando-se a original, demolida mais tarde. "É entregue ao tráfego na linha tronco a retificação do traçado compreendendo Rodolfo Paixão a Mangabeira, retirando da região central de Uberaba os trilhos da estrada de ferro" (relatório da Mogiana, 1948). "No entanto, ainda restou o prédio referente ao

ACIMA: A estação mais antiga de Uberaba, hoje demolida (Cartão postal). ABAIXO: As tropas, no pátio da antiga estação férrea de Uberaba, no bairro Boa Vista, no final da rua Artur Machado. Formação do 4º e 5º Batalhões e de um grupo de patriotas do "Batalhão Patriótico Alaor Prata", em comemoração à vitória da revolução da década de 1930. De que revoçução se está falando aqui? Da de 1930 ou de 1932? (Autor desconhecido).
depósito de mercadorias da referida estação. Hoje, nesse prédio, funciona uma empresa credenciada pela CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais S. A.). Infelizmente, não tive acesso ao interior do prédio. Nota-se a descaracterização de sua bela arquitetura original, muito provavelmente como conseqüência do descaso atual em relação à cultura e à história como um todo. Uma pena! O prédio se localiza na Rua Menelick de Carvalho, no Bairro Boa Vista, a algumas quadras ao Sul da terceira e atual estação de trens de Uberaba
" (Flávio de Faria Careta, 04/2008). A segunda estação permaneceu ativa apenas por 14 anos, e em 1962 foi outra vez mudada de lugar, transformando-se em depósito, mas permanecendo junto à linha. Uma terceira estação foi construída, que é a que funciona até hoje. (Ver também UBERABA-SEGUNDA ESTAÇÃO e UBERABA-NOVA)
     

A estação em 1910. Acervo Dimas Ornellas

A estação original de Uberaba, nos anos 1920. Foto cedida por João Velasco e Gutierrez Coelho

O depósito original anexo à estação, ainda de pé e descaracterizado em 2008. Foto Flávio de Faria Careta
     
     
Atualização: 06.07.2014
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.