A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
Indice de estações
...
Porto Alegre (1874-1910)
Porto Alegre-velha
(1910-70)
Porto Alegre-nova
(1970-83)
Navegantes
Diretor Pestana
...
Mapa das linhas em 1940
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: NÃO
ÚLTIMA VEZ: 2004
...
 
 
The Porto Alegre and New Hamburg Brazilian Ry. (1885-1905)
Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil (1905-1920)
V. F. Rio Grande do Sul (1920-1972)
NAVEGANTES
Município de Porto Alegre, RS
Linha Porto Alegre-Uruguaiana - km 854,617 (1960)
  RS-2704
  Inauguração: 11.12.1885
Uso atual: demolida   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d (já demolido)
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Porto Alegre-Caxias foi aberta no trecho entre a Capital e São Leopoldo em 1874, como a primeira ferrovia do Estado. Em 1876 foi prolongada até a estação de Novo Hamburgo. Em 1905, a Cie. Auxiliaire assumiu a linha. Apenas em 1909 a linha teve continuação, partindo de Rio dos Sinos, 7 km antes de Novo Hamburgo e chegando até Carlos Barbosa, e, no ano seguinte, até Caxias (Caxias do Sul). Em 1920 a linha foi assumida pela VFRGS. Foi desativada nos anos 1980; o trecho até São Leopoldo foi retificado e serve hoje ao sistema Trensurb da Grande Porto Alegre (trens metropolitanos); entre Rio dos Sinos e Montenegro, a linha foi erradicada em 1963, substituída por uma variante; para a frente, existem trilhos ainda em alguns pedaços, mas oficialmente a ferrovia a partir de Montenegro foi extinta em 1994 pela RFFSA.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Navegantes, situada no centro do bairro do mesmo nome e hoje próximo a onde se inicia a ponte sobre o rio Guaíba em Porto Alegre, foi inaugurada em 1885 no final da rua Voluntários da Pátria. Pelo menos no início, era uma parada apenas, uma plataforma sem construção alguma, como mostra a foto abaixo, que mostra o rio ao fundo. Deveria ficar também em frente à igreja do bairro, afastado na época do centro. Em 1907, já existia um quiosque de madeira, "recentemente construído, com 16 m2

ACIMA: "Esta foto, talvez a única sobre a estação Navegantes, foi apresentada numa exposição de fotos antigas no centro de Porto Alegre. Infelizmente só pude captá-la com meu celular no momento em que estava à vista, não tive acesso à original, nem sei a qual arquivo pertence. Mas no mural era possível ver legivelmente a inscrição 'Navegantes' - na foto atual está um pouco borrado (o prédio está no canto esquerdo superior da foto). Além disso, para qualquer efeito de dúvida é possível visualizar a Igreja dos Navegantes na direita" (Enviado e escrito por Ivanhoé Reynoso em 10/2009).
servindo de bilheteria
". Em 1928, foi construído um novo edifício para a estação, de acordo com relatório da VFRGS. Em 1937, outro relatório da VFRGS acusa a elevação da "Parada Navegantes" a estação de 5a classe. Foi extinta em dezembro de 1972 para dar lugar ao acesso definitivo à nova estação de Porto Alegre, através da avenida Castelo Branco; ou seja, a nova linha e avenida passaram por onde ela ficava. Próxima a onde ela ficava está hoje a estação de Farrapos, do sistema citado, e, pelo que entendi, nesse ponto a linha atual trocou de lugar, em relação à original. "No local, quando se passa de metrô, é possível avistar restos de uma antiga plataforma, provavelmente da estação. Ela possuía o estilo "padrão" de estações da VFRGS durante os anos 1930 e 1940, segundo o livro Patrimônio Ferroviário no Rio Grande do Sul- inventário das Estações 1874 - 1959, do IPHAE. Segue uma breve descrição, retirada do mesmo: 'A estação secundária de Navegantes ficava em frente à igreja de mesmo nome. O primeiro prédio, de madeira, foi construído por volta de 1886 e substituído por outro de alvenaria por volta de 1929" (Ivanhoé Reynoso, 10/2009).
(Fontes: Ivanhoé Reynoso, 2009; Germano Oscar Moehlecke: Estrada de Ferro - Contribuição para a história da primeira ferrovia do Rio Grande do Sul, 2002; IPHAE: Patrimônio Ferroviário no Rio Grande do Sul- inventário das Estações 1874-1959; VFRGS: Relatórios oficiais, 1925-60; Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, 1960; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação, apenas uma plataforma, em foto aparentemente do início do século 20. Foto do livro Estrada de Ferro - Contribuição para a história da primeira ferrovia do Rio Grande do Sul, de Germano Oscar Moehlecke.
 
     
     
Atualização: 03.06.2010
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.