...
Nereu Ramos
Jaraguá do Sul
Guaramirim
...

IBGE - 1960
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2013
...

 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1910-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
JARAGUÁ DO SUL
Município de Jaraguá do Sul, SC
Linha de S. Francisco - km 77,139 (1936)   SC-0725
Altitude: 30 m   Inauguração: 01.06.1910
Uso atual: museu (2017)   com trilhos
Data de abertura do prédio atual: 1943
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do São Francisco teve o primeiro trecho entregue pela E. F. São Paulo-Rio Grande em 1906, ligando o porto de São Francisco (hoje do Sul) a Joinville. Em 1910, a linha foi prolongada até Hansa (Corupá), em 1913 até Tres Barras, e finalmente em 1917 atinge Porto União da Vitória, de onde deveria continuar até atingir Foa do Iguaçu, Este último trecho jamais foi construído. A linha se entronca com o Tronco Sul em Mafra e com a antiga Itararé-Uruguai em Porto União da Vitória. O último trem de passageiros, na verdade uma litorina diária, passou pelo trecho entre Corupá e São Francisco do Sul em janeiro de 1991. O trem misto que servia à linha já não existia desde 1985. Depois disso, apenas alguns trens a vapor turísticos da ABPF têm percorrido a linha, principalmente na região de Rio Negrinho. O trecho entre Mafra e Porto União esteve durante anos abandonado, tendo sido recuperado durante o ano de 2004, mas continua com o tráfego muito escasso. Já o trecho entre Mafra e São Francisco tem grande movimento de cargueiros da concessionária ALL.
 
HISTÓRICO DA ESTAÇÃO: A estação de Jaraguá foi inaugurada em 1910.

Em 1943, ganhou um prédio maior e mais moderno. O prédio mais antigo, no entanto, está de pé até hoje e foi restaurado em 2008.

Logo depois passou a se chamar Jaraguá do Sul.

A estação em 2005 estava ocupada por uma academia de boxe, mesmo no estado deplorável em que se encontrava o prédio, já bastante depredado. "Realmente existe uma academia de boxe instalada na estação, mesmo no estado em que ela se encontra. O piso da plataforma totalmente rachado e com buracos devido a passagem constante de um automóvel! Inflitrações de água, forro caindo, vidros e portas quebradas, pichações, muito mato e lixo. Isso sem falar dos mendigos e andarilhos. É uma vergonha! Já o galpão de cargas está ocupado hoje as duas extremidades do prédio. Uma é floricultura e na outra uma loja de de vestuário. A plataforma do galpão também serve como "garagem" do automóvel que passa e danifica a plataforma da estação. No local onde dormiam os mendigos e andarilhos, foi queimado uma boa parte do forro e paredes existe também muito mato e lixo no local. Outra vergonha! Entretanto, existe uma proposta para a recuperação dos dois prédios, que seriam reformados completamente e ocupados pela Biblioteca Pública Municipal, Arquivo Histórico e Museu do Expedicionário" (J. C. Kuester, 03/2005).

A estação foi restaurada em 2008 pela Prefeitura e efetivamente tornou-se o Museu do Expedicionário. o qual ali se mantém em 2017.


ACIMA: A estação de Jaraguá do Sul em 1962 (Acervo Ergon Arno Krepsky).

ACIMA: Automotriz que funcionou ligando Jaraguá do Sul a São Francisco até janeiro de 1991, sendo desativada nessa data (Foto Carlos Roberto de Almeida em setembro de 1984). ABAIXO: Os trilhos entram entre os prédios para chegar ao pátio da estação, que está ao fundo, sem aparecer (Foto Marília - , Rio Grande, RS, em março de 2009).

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1910 a 1983. Ao lado, litorina que andou no trecho Mafra-São Francisco do Sul. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Rafael Szychowski; Carlos Roberto de Almeida; Ergon Arno Krepsky; Nilson Rodrigues; J. C. Kuester; Marília -; Acervo Arthur Wischral; revista Panorama, 1956; O Motor Elétrico, 2004; RVPSC: Relatórios anuais , 1918-55; RVPSC: Horário de Trens de Passageiros e Cargas, 1936; IBGE, 1960)
     

A estação antiga, provavelmente nos anos 1910. Foto do livro O Motor Elétrico, 2004

A antiga estação durante a revolução de 1930. Foto de 12/10/1930, cedida por Jean Carlos Kuester

A estação antiga em 1935. Foto Arthur Wischral

A fachada da estação de Jaraguá do Sul, em 1956. Foto da revista Panorama, de 1956.

Plataforma da estação em 1982. Foto cedida por Nilson Rodrigues

A estação em 03/2005. Foto J. C. Kuester

A estação em 03/2005. Foto J. C. Kuester

A estação antiga, ainda de pé e restaurada em 2008. Foto Marilia -, 2009

A estação em 01/2009. Foto Jean C. Kuester

Fachada da estação em 15/1/2017. Foto Rafael Szychowski
   
     
Atualização: 16.01.2017
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.