...
Lança
Poço Preto
Valões
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2008
...
 
C. E. F. São Paulo-Rio Grande (1921-1942)
Rede de Viação Paraná-Santa Catarina (1942-1975)
RFFSA (1975-1996)
POÇO PRETO
Município de Porto União, SC
Linha de S. Francisco - km 423,652 (1936)   SC-0681
Altitude: 757,400 m   Inauguração: 06.1921
Uso atual: moradia e bar (2008)   com trilhos
Data de abertura do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha do São Francisco teve o primeiro trecho entregue pela E. F. São Paulo-Rio Grande em 1906, ligando o porto de São Francisco (hoje do Sul) a Joinville. Em 1910, a linha foi prolongada até Hansa (Corupá), em 1913 até Tres Barras, e finalmente em 1917 atinge Porto União da Vitória, de onde deveria continuar até atingir Foa do Iguaçu, Este último trecho jamais foi construído. A linha se entronca com o Tronco Sul em Mafra e com a antiga Itararé-Uruguai em Porto União da Vitória. O último trem de passageiros, na verdade uma litorina diária, passou pelo trecho entre Corupá e São Francisco do Sul em janeiro de 1991. O trem misto que servia à linha já não existia desde 1985. Depois disso, apenas alguns trens a vapor turísticos da ABPF têm percorrido a linha, principalmente na região de Rio Negrinho. O trecho entre Mafra e Porto União esteve durante anos abandonado, tendo sido recuperado durante o ano de 2004, mas continua com o tráfego muito escasso. Já o trecho entre Mafra e São Francisco tem grande movimento de cargueiros da concessionária ALL.
 
HISTÓRICO DA ESTAÇÃO: A estação de Poço Preto foi inaugurada em 1921. Do outro lado do rio Iguaçu em relação à estação, em 1924, existia um posto fiscal da Coletoria Paranaense, de nome "Posto Fiscal de Poço Preto". Quanto à estação, estava em pé ainda em 2008, um milagre, sendo um prédio de madeira. Era moradia e bar, estava bem cuidada e habitada por um simpático senhor que me recebeu muito bem.
ACIMA: A estação do Poço Preto teve enorme importância estratégica no final da Guerra do Contestado, onde tropas federais desembarcavam dos trens vindos do Paraná. Nessa época, aliás, ali era considerado território ainda paranaense (O Estado de S. Paulo, 8/2/1916).

ACIMA: As belas portas frontais da estação de Poço Preto remontam aos anos 1920 e ainda estão inteiras. ABAIXO: Fotografada da plataforma da estação. a linha segue deserta para Valões. Aqui o tráfego é raríssimo hoje em dia (Fotos Ralph Mennucci Giesbrecht, junho de 2008).

TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1921 a 1983. Ao lado, passagem do trem na época da RFFSA. Clique sobre a foto para ver mais detalhes sobre esses trens. Veja aqui horários em 1948 (Guias Levi).
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Nilson Rodrigues; RVPSC: Horário dos Trens de Passageiros e Cargas, 1936; Secretaria Geral do Estado do Paraná: Relatório, 1923-24; Guias Levi, 1932-80)
     

A estação de Poço Preto, em 05/2004. Foto Nilson Rodrigues

A estação de Poço Preto, em 05/2004. Foto Nilson Rodrigues

Ontem a plataforma, hoje uma varanda. Mas a arquitetura não mudou, apenas o uso. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht em junho de 2008

A estação, parte traseira. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht em junho de 2008

A estação vista do lado de Lança. Foto Ralph Mennucci Giesbrecht em junho de 2008
 
     
     
Atualização: 02.04.2016
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.