A B C D E
F G H I JK
L M N O P
Q R S T U
VXY Mogiana em MG
...
Júlio Prestes
Barra Funda-Fepasa
Lapa-EFS ou Água Branca
...

SPR-1935

Tronco EFS-1935

Guia SP-1995
...
ESTIVE NO LOCAL: SIM
ESTIVE NA ESTAÇÃO: SIM
ÚLTIMA VEZ: 2012
...
 
 
FEPASA (1988-1998)
CPTM (1998-2012)
BARRA FUNDA-FEPASA
Município de São Paulo, SP
Linha-tronco da ex-EFS - km   SP-3546
Linha-tronco da ex-SPR - km   Inauguração: 05.11.1988
Uso atual: estação de metrô e de trens metropolitanos   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
 
HISTORICO DA LINHA: A E. F. Sorocabana foi fundada em 1872, e o primeiro trecho da linha foi aberto em 1875, até Sorocaba. A linha-tronco se expandiu até 1922, quando atingiu Presidente Epitácio, nas margens do rio Paraná. Antes, porém, a EFS construiu vários ramais, e passou por trocas de donos e fusões: em 1892, foi fundida pelo Governo com a Ytuana, na época à beira da falência. Em 1903, o Governo Federal assumiu a ferrovia, vendida para o Governo paulista em 1905. Este a arrendou em 1907 para o grupo de Percival Farquhar, desaparecendo a Ytuana de vez, com suas linhas incorporadas pela EFS. Em 1919, o Governo paulista voltou a ser o dono, por causa da situação precária do grupo detentor. Assim foi até 1971, quando a EFS foi uma das ferrovias que formaram a estatal FEPASA. O seu trecho inicial, primeiro até Mairinque, depois somente até Amador Bueno, desde os anos 20 passaram a atender principalmente os trens de subúrbio. Com o surgimento da CPTM, em 1994, esse trecho passou a ser administrado por ela. Trens de passageiros de longo percurso trafegaram pela linha-tronco até 16/1/1999, quando foram suprimidos pela concessionária Ferroban, sucessora da Fepasa. A linha está ativa até hoje, para trens de carga.
 
A ESTAÇÃO: A estação da Barra Funda da Fepasa foi inaugurada em 1988, substituindo as estações de mesmo nome da antiga Sorocabana (que foi demolida) e da SPR/EFSJ (que foi mantida de pé e abandonada, depois depredada e é como está até hoje). Foi erigida próxima às duas para atender aos trens metropolitanos da FEPASA e da CBTU, na época, e a partir de 1994 passou a atender
ACIMA: Trem de passageiros da FEPASA aguardando saída para Presidente Epitácio, em 29 de dezembro de 1992. Ele está na plataforma 4, até hoje não usada desde que os trens acabaram em janeiro de 1999 (Foto Carlos Roberto de Almeida). ABAIXO: (CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR) Estação da Barra Funda em abril de 2010. A plataforma em primeiro plano é a de embarque da linha 7 e a em segundo plano, da linha 8. Existe ainda a plataforma da linha do metrô e a de embarque da FEPASA que não é utilizada desde o início de 1999 (Foto Alexandre Linhares Giesbrecht).

a CPTM, que substituiu as duas operadoras anteriores em termos de trens metropolitanos. Outra função da estação Barra Funda da Fepasa foi atender à linha do metrô que chegou a essa estação exatamente no dia de sua inauguração, como estação terminal, neste caso. E ainda atendia, numa outra plataforma, aos trens de longa distância que percorriam as antigas linhas da EFS e da Paulista, na época da Fepasa, e que se dirigiam ao interior. A partir de 1996, passou a ser estação inicial das linhas e não mais a Luz, até que os trens foram extintos em 1999, retornando alguns meses depois, mas partindo já de Campinas e não mais da Capital. Hoje, como dito, a estação atende à CPTM e ao metrô. SOBRE A DATA EXATA DE FUNCIONAMENTO DOS TRENS DA FEPASA NA ESTAÇÃO ATUAL DA BARRA FUNDA A PARTIR DE 1988, LEIA AQUI. (Veja também BARRA FUNDA-SOROCABANA e BARRA FUNDA-SPR/EFSJ)
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Carlos R. Almeida; Alexandre Linhares Giesbrecht; Eric Mantuan Camargo; Adriano Martins; Nick Lawford; Veja em São Paulo, 1987; Folha de S. Paulo, 1999; E. F. Sorocabana: relatórios anuais, 1875-1969; Guia SP. 1995; Mapas - acervo R. M. Giesbrecht)
     

A estação atual da CPTM em construção, em 1987 - Revista Veja em São Paulo

Em 1996, loco saindo da plataforma da estação da Barra Funda. Foto Nick Lawford

Um dos últimos trens de passageiros sai da plataforma da estação da Barra Funda para a Alta Sorocabana. Foto da "Folha de S. Paulo" de 17/01/1999
   
     
Atualização: 16.12.2012
Página elaborada por Ralph Mennucci Giesbrecht.